Jornal do Brasil

Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Esportes

Valentino Rossi confessa ter medo de se aposentar

Piloto de MotoGP completará 39 anos em fevereiro

Agência ANSA

O piloto italiano Valentino Rossi confessou em uma entrevista nesta segunda-feira (20) que tem "medo" de se aposentar das pistas e das corridas de MotoGP.

"Tenho medo de parar porque será difícil encontrar qualquer outra coisa. A MotoGP é toda a minha vida. Dirigir a Academy [academia de novos pilotos] será bonito e divertido, mas não é a mesma coisa", disse à revista alemã "Speedweek".

Rossi completará 39 anos em fevereiro do ano que vem e seu contrato com a Yamaha vence no fim de 2018.

"Lembro sempre das corridas do mundial de Moto3 e Moto2 com os meus meninos da Academy. Às vezes, me sinto muito cansado, mas depois prevalece a minha vontade de permanecer jogando", acrescentou.

Sete vezes campeão da MotoGP - além de dois outros mundiais em categorias inferiores -, Rossi ainda não desistiu de conquistar seu décimo mundial na moto.

"O primeiro objetivo permanece em conquistar o Mundial. O segundo é ganhar as provas e o terceiro é subir no pódio", acrescentou ainda.

Nesta temporada, o italiano ganhou apenas uma prova em Assen, mas dois acidentes durante a temporada, durante treinamentos, afastaram a possibilidade de título.

Tags: aposentadoria, itália, motogp, valentino rossi, yamaha

Compartilhe: