Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Esportes

'Peço desculpas', diz técnico da Itália após vexame na Copa

Pela 1º vez em 60 anos, Itália ficará de fora da Copa do Mundo

Agência ANSA

Duramente criticado nas redes sociais nas últimas horas, o técnico da seleção italiana, Giampiero Ventura, pediu desculpas por não ter conseguido fazer o país se classificar para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

"Sinto que devo pedir desculpas aos italianos pelo resultado, não pelo nosso trabalho e empenho. Mas sei que o resultado é o que conta", disse Ventura. A Itália ontem ficou no empate de 0 a 0 com a Suécia, em jogo válido pela repescagem da Europa para a Copa do Mundo.

Com esse resultado, a Azzurra não conseguiu se classificar e deixará de disputar o torneio pela terceira vez em sua história. A Itália não ficava de fora da Copa desde 1958, quando foi superada pela Irlanda do Norte nas Eliminatórias. A outra ausência da Azzurra fora em 1930. 

'Peço desculpas', diz técnico da Itália após vexame na Copa
'Peço desculpas', diz técnico da Itália após vexame na Copa

Giampiero Ventura, de 69 anos, ainda não renunciou ao cargo de treinador. A Federação Italiana de Futebol (Federcalcio) pediu ontem "48 horas de reflexão" para analisar o futuro do técnico e da seleção. Ventura tem sete meses de contrato com salário de 1,5 milhão de euros por ano. A Federcalcio tinha renovado com ele até 2020, mas condicionando-o à participação na Copa.

>> Sem vaga na Copa de 2018, atletas criticam federação italiana

>> Juventus homenageia Buffon, após choro em eliminação

>> Federação quer '48h de reflexão' após vexame italiano

>> 'Momento difícil para o futebol italiano', diz Paolo Rossi

>> Buffon enterra sonho de 6ª Copa e confirma despedida

Tags: buffon, copa 2018, copa do mundo, esporte, federcalcio, mundial, russia, ventura

Compartilhe: