Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Esportes

Com Neymar, Fifa divulga nomes dos finalistas ao prêmio de melhor do mundo

Craque brasileiro disputa o prêmio contra Messi e Cristiano Ronaldo

Jornal do Brasil

Parece um déjàvu de 2015. Neymar Jr. foi indicado ao prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa contra o amigo, Lionel Messi, e Cristiano Ronaldo, assim como aconteceu há dois anos atrás. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (22), e o vencedor será conhecido no dia 23 de outubro, durante cerimônia de gala, em Londres.

Com a indicação, Neymar volta a ter a possibilidade de interromper a hegemonia de Messi e CR7. Desde de 2007, quando o também brasileiro Kaká conquistou o prêmio, nenhuma outra pessoa além do argentino e do português conquistou o prêmio.

Apesar de defender as cores do milionário PSG nesta temporada, Neymar foi indicado ao prêmio pelo que fez durante a última temporada européia, com a camisa do Barcelona. O prêmio leva em consideração as atuações feitas na temporada 2016/17 entre o período de 20 de novembro de 2016 até 2 julho de 2017.

Ao explicar as escolhas, a Fifa justificou a brilhante temporada do brasileiro com a camisa da Seleção Brasileira, além de enaltecer a mudança de postura do craque com a camisa blaugrana. Na última temporada pelo Barça, apesar de Neymar ter feito menos gols do que na anterior (20 contra 31 da última temporada), o brasileiro bateu um recorde de assitências. Foram 21 passes para gol. A Fifa também lembrou a impressionante atuação de Neymar durante o confronto com seu atual time, o PSG, na virada por 6 a 1 nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Assim como em 2015, brasileiro disputa o prêmio com Messi e CR7
Assim como em 2015, brasileiro disputa o prêmio com Messi e CR7

“Neymar começou o ano ajudando a Seleção a se tornar a primeira equipe a se classificar para a Copa do Mundo da Rússia. Ele foi também decisivo para o Barcelona na última temporada, muito embora sua marca de 20 gols tenha sido inferior aos 31 da temporada anterior e aos 39 da outra. Em contrapartida, anotou um recorde de assistências: 21. O brasileiro foi também um dos heróis da famosa "remontada" contra o PSG nas quartas de final da Liga dos Campeões, contribuindo com dois gols e uma assistência num jogo de volta inesquecível”, disse a Fifa.

Os últimos “intrusos” na disputa pessoal entre Messi e Cristiano Ronaldo desde 2007 foram: Kaká (2007-vencedor), Fernando Torres (2008), Xavi (2009/10/11), Iniesta (2010/2012), Ribery (2013), Neuer (2014), Neymar (2015) e Griezmann (2017). No período entre 2010 e 2015 o prêmio foi dado em parceria com a Bola de Ouro da France Football.

Tags: bola, cr7, fifa, futebol, melhores, messi, mundo, neymar, ouro, premiação

Compartilhe: