Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Esportes

MP-RJ pede afastamento de Eurico por suposto elo com torcida organizada

Jornal do Brasil

O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu que Eurico Miranda seja afastado da presidência do Vasco da Gama. O motivo é a acusação de que o dirigente estaria acobertando torcidas organizadas após atos violentos durante partidas em estádios.

A ação também solicita a saída dos vice-presidentes do Vasco, da diretoria e pagamento de multa. O MP teve como base os relatórios da Polícia Militar elaborados após a confusão no clássico entre Vasco e Flamengo, em julho. Foram utilizadas como base da acusação matérias jornalísticas sobre a partida e a súmula publicada pelo árbitro.

O MP do Rio acredita que a falta de segurança no estádio de São Januário é alimentada pelo apoio institucional dado pelo clube à sua principal torcida organizada, atualmente punida por casos de violência.

A confusão no estádio terminou do lado de fora da arena, com a morte de David Rocha Lopes, baleado com um tiro no peito.

Além de Eurico, MP também pede afastamento de vice-presidentes do Vasco
Além de Eurico, MP também pede afastamento de vice-presidentes do Vasco

Tags: afastamento, confusão, esporte, eurico miranda, morte, mp, torcida organizada, vasco

Compartilhe: