Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Esportes

Após lesão de Arana e Balbuena, Gabriel mostra confiança nos defensores reservas do Corinthians

Portal Terra

O Corinthians estará com a sua defesa bastante desfigurada diante da Chapecoense, na quarta-feira, na Arena Condá. A zaga, que já contava com Pedro Henrique como substituto do lesionado Pablo, terá ainda outro prata da casa, Léo Santos, no lugar do suspenso Balbuena. Na lateral esquerda, Moisés herdará o posto de Guilherme Arana, contundido.

"As características dos jogadores são diferentes, mas todos sabem o que devem fazer. Como sempre falamos, o Carille treina a linha defensiva com quem joga e com quem não joga, sem distinção. Assim, a equipe mantém a sua organização e a sua postura", confiou o volante Gabriel, o encarregado de dar proteção aos zagueiros.

Léo Santos tem apenas três jogos como profissional e poderá ser ainda mais exigido nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, já que Balbuena, além de ter levado o seu terceiro cartão amarelo na derrota por 1 a 0 para o Vitória, deixou o campo de Itaquera com dores na coxa esquerda. Já Arana acusou lesão muscular na coxa direita. Ambos serão submetidos a exames na manhã desta terça-feira.

"O Léo Santos já jogou contra a Ponte Preta e fez gol ( 1 a 1 em 12 de março, pelo Campeonato Paulista ). Depois, entrou muito bem contra o Vitória ( 1 a 0 em 21 de maio, pelo Campeonato Brasileiro ). Ele está preparado. Falta ritmo de jogo, o que é normal, mas é um jogador que vem treinando muito bem", apoiou Gabriel, estendendo os seus elogios a Pedro Henrique. "O Pedrão já está jogando com regularidade, fazendo grandes partidas. Apesar de jovem, a nossa defesa será bem organizada, trabalhada."

Seja como for, o técnico Fábio Carille conta com os defensores mais experientes para dar suporte aos novatos. "O Fagner é um cara rodado, assim como o Cássio. Eles podem melhorar o posicionamento da zaga. Tenho certeza de que faremos um grande jogo. Será maravilhoso abrir dez pontos de vantagem", vislumbrou Gabriel, de olho na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Hoje, o líder Corinthians ostenta sete pontos à frente do segundo colocado Grêmio, que apenas empatou por 0 a 0 com o Atlético-PR no domingo, em casa. E ainda está com um jogo a menos, uma vez que o confronto com a Chapecoense deveria ter sido disputado com o restante da 20ª rodada - acabou adiado em virtude de uma excursão internacional do time catarinense.

Tags: brasileiro, brasileirão, campeonato, corinthians, futebol

Compartilhe: