Jornal do Brasil

Quarta-feira, 26 de Julho de 2017

Esportes

Botafogo recebe o Atlético Nacional-COL podendo garantir vaga nas oitavas

Portal Terra

Jogando em casa, expectativa de casa cheia... e de uma nova cara. Após os dois tropeços - contra Barcelona-EQU e Grêmio - o Botafogo busca deixar uma nova impressão para o torcedor nesta quinta-feira. Pela frente, o atual campeão da Libertadores. O Botafogo enfrenta o Atlético Nacional-COL, às 21h45, no Nilton Santos, precisando de uma vitória para se garantir nas oitavas de final. 

Até por isso, a postura adotada no partida deve ser diferente do jogo em Porto Alegre. Sabendo do momento e da pressão por um grande jogo, o técnico Jair Ventura lembrou do que o time já pode demonstrar no decorrer da temporada. 

"A lembrança é que esses bons momentos nos deram força na competição. É muito difícil vencer todos os jogos, acontece no mundo inteiro. Fica lembrança desses jogos fora de casa do que nós somos capazes de fazer. Os resultados oscilaram, mas nosso modelo de jogo não. Não podemos achar que está tudo errado. Na vida tudo é equilíbrio. Esse é o grande segredo do futebol e da vida para todos nós", completou o comandante alvinegro na coletiva de quarta. 

Um dos representantes de maior nome do elenco, Camilo será o responsável pela armação do meio. O camisa 10 marcou seu único gol na temporada diante do rival desta quinta. E ele foi outro que cobrou uma nova postura do time. 

"Jogo da Libertadores foram erros que a gente não comete, tomar dois gols no início. Teve a minha lesão, desde os 30 do primeiro tempo não estava suportando. E a bola não quis entrar. Jogo do Grêmio para ser esquecido, nunca vi equipe dessa maneira, não me lembro de um jogo tão ruim de ambos os setores, a não ser o Gatito. É esquecer e trabalhar para vencer", afirmou. 

PARA GARANTIR A VAGA NESTA QUINTA-FEIRA: 

Vitória 

Qualquer resultado favorável ao Botafogo garante a classificação automática, já que o Glorioso manteria a vantagem de quatro pontos contra o Estudiantes-ARG, mesmo em caso de vitória do rival no Equador, contra o Barcelona. 

Empate 

Na pior das ocasiões, até mesmo um empate pode garantir o time de Jair na próxima fase. Para isso, bastaria que os rivais argentinos não vencessem em Guayaquil. Assim, o time manteria a gordura também sobre os colombianos. 

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES: 

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Emerson, Carli, Igor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger. 

ATLÉTICO NACIONAL: Armani, Bocanegra, Cuesta, Henríquez e Díaz; Diego Arias, Quiñones e Macnelly Torres; Arley Rodríguez, Ibargüen e Dayro Moreno.Insira o corpo da noticia aqui.

Tags: Botafogo, Brasileiro, futebol, libertadores, taça

Compartilhe: