Jornal do Brasil

Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

Esportes

Ex-jogador de futebol americano da NFL comete suicídio em prisão dos EUA

Aaron Hernandez cumpria pena perpétua por assassinato

Agência ANSA

O ex-jogador de futebol americano Aaron Hernandez foi encontrado morto nesta quarta-feira (19) em uma cela no Centro Correcional Baranowski, em Massachussetts, nos Estados Unidos. O atleta cumpria prisão perpétua por um homícido cometido em 2013.   

De acordo com as autoridades locais, Hernandez de 27 anos "se enforcou utilizando um lençol preso à janela de sua cela. Ele também tentou bloquear sua porta por dentro, ao colocar vários itens encostados na mesma", informou o comunicado.   

Ainda segundo a nota, os policiais utilizaram técnicas para tentar salvar a vida do ex-atleta do New England Patriots, time em que Tom Brady, marido da modelo brasileira Gisele Bundchen, atua. Hernandez chegou a ser socorrido e foi levado para um hospital da cidade, mas teve sua morte declarada às 4h07 da manhã, no horário local.   

As autoridades ainda investigam a morte. O advogado do ex-jogador, Jose Baez, disse em um comunicado que nem ele nem a família tinham notado nenhum sinal que sugerisse a possibilidade de um suicídio. "Não houve conversações ou correspondências de Aaron para sua família ou equipe de advogados que indicassem que nada disso fosse possível. Aaron queria muito uma oportunidade de uma segunda chance para provar sua inocência", ressaltou Baez.

Hernandez cumpria pena perpétua pelo assassinato de Odin Lloyd, namorado da irmã de sua noiva, em junho de 2013. Na época, a vítima foi morta em um local próximo a residência do astro. No entanto, sua condenação ocorreu apenas em 15 de abril de 2015.   

Além disso, o jogador também respondia processos pelo homicídio de dois homens, ocorrido em julho de 2012. Na última sexta-feira (14), a justiça decidiu inocentar Hernandez de ambas as mortes, porém ainda teria que cumprir prisão perpétua pelo assassinato de Lloyd.

Tags: aaron hernandez, EUA, morte, nfl, patriots, tom brady

Compartilhe: