Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Esportes

Corinthians busca empate em casa e mantém Flu fora do G-4

Portal Terra

Corinthians se segurou na zona de classificação à Libertadores com um empate por 1 a 1 contra o Fluminense neste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo. Em um confronto direto por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro, o time carioca saiu na frente com um gol de pênalti de Fred, mas uma linda jogada de Renato Augusto terminou com gol de Romarinho no segundo tempo para decretar a igualdade no placar.

Com o resultado, a equipe de Mano Menezes se manteve na quarta colocação, com 32 pontos - dois à frente do Fluminense, que também continuou na quinta posição. Na próxima rodada, que fecha o primeiro turno, o Corinthians visita o Criciúma no Heriberto Hülse, enquanto o Flu pega o líder Cruzeiro (42 pontos) no Maracanã. Antes, porém, os dois times têm compromissos no meio de semana pela Copa do Brasil e pela Copa Sul-Americana.

O Corinthians começou partindo para cima com velocidade, com destaque para Romarinho e Romero, que deixaram Luciano no banco de reservas. O paraguaio quase abriu o placar aos 26min, mas parou em um corte providencial de Diguinho. A resposta do Fluminense veio no final do primeiro tempo: Wagner entrou na área pela esquerda, cortou Gil e sofreu pênalti. Fred bateu com categoria, deslocando Cássio e calando as vaias em Itaquera.

Antes de o segundo tempo começar, os torcedores do Corinthians decidiram voltar as suas críticas à própria equipe, que retornou a campo mais cedo. Gritaram que "é quarta-feira", em referência ao confronto de Copa do Brasil com o Bragantino, e ameaçaram: "ou joga por amor ou joga por terror".

Mano apostou na entrada de Renato Augusto no lugar de Lodeiro e logo viu o Corinthians ganhar em criatividade. Romero novamente perdeu gol livre de marcação, e do outro lado uma cabeçada de Fred parou em defesa espetacular de Cássio. O gol de empate veio aos 28min: Renato Augusto enfileirou a marcação tricolor pela esquerda e a bola sobrou para Romarinho, que bateu cruzado, de primeira, para deixar a torcida em êxtase.

Com o novo cenário, os dois técnicos entraram em ação novamente. Mano colocou Fagner na vaga de Ferrugem, e Cristóvão optou por Kenedy no posto de Chiquinho. As mudanças deixaram a partida aberta, imprevisível. A derradeira - e melhor - oportunidade para o desempate saiu dos pés de Romero, de novo. O paraguaio foi acionado por Renato Augusto e bateu forte, no travessão.

Tags: arena, Brasileiro, Campeonato, Corinthians, Fluminense, mano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.