Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Esportes

Grêmio identifica "torcedores racistas" e aplica suspensão

Portal Terra

Em busca de defender a honra e evitar uma punição severa, o Grêmio trabalha desde a manhã desta sexta-feira para identificar todos os torcedores que insultaram o goleiro Aranha, do Santos, com menções racistas em duelo na última quinta, pela Copa do Brasil. Segundo o advogado do clube, cinco já foram identificados - dois integram o quadro de sócios e serão punidos.

"Estamos trabalhando desde a manhã de hoje para identificar todos os torcedores envolvidos no caso de racismo. Cinco já foram identificados, dois são sócios, e por uma questão de estatuto não podem ser expulsos em primeiro momento, mas estão sendo suspensos a partir de hoje, por tempo indeterminado", disse Gabriel Vieira, advogado do Grêmio.

O presidente do Grêmio, Fábio Koff, disse que procurou Aranha para pedir desculpas em nome do clube e que até o começo da próxima semana já terá todos envolvidos identificados.

"Estamos trabalhando e tentando facilitar ao máximo a identificação desses torcedores. O departamento jurídico está trabalhando muito em cima do caso, e até segunda teremos a identificação de todos os envolvidos. Infelizmente é algo que está ocorrendo no mundo todo. Fifa, CBF, estão todos preocupados, e não é só o Grêmio isoladamente. O Grêmio promete punição rigorosa a todos que forem identificados".

Com base nas imagens do ocorrido, Paulo Schmitt, procurador geral do STJD, já confirmou que o clube será denunciado no artigo 243-G e seus respectivos parágrafos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). Se condenado, o Grêmio poderá receber multa de até R$ 100 mil, além de perda de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição.

Tags: agressão, Brasileiro, futebol, Goleiro, racista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.