Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Esportes

Sul-Americana: Flu tem goleiro expulso, mas sai em vantagem sobre Goiás

Portal Terra

Nem mesmo a expulsão do goleiro Kléver, no começo do segundo tempo, foi capaz de impedir a vitória do Fluminense sobre o Goiás, por 2 a 1, nesta quinta-feira, pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Jogando no Maracanã, os cariocas marcaram duas vezes na primeira etapa, viram os visitantes mandarem duas bolas no travessão, ficaram com um homem a menos, mas mesmo assim conseguiram segurar a pressão para conquistar um ótimo resultado para a continuidade na competição continental.

A equipe comandada por Cristóvão Borges garantiu a vitória ainda no primeiro tempo, com dois gols do volante Edson. Erik, atacante do Goiás, ainda acertou a trave duas vezes na etapa inicial. Na etapa final, o goleiro Kléver foi expulso e os donos da casa viram o Goiás dominar a partida, marcar apenas um gol de honra nos acréscimos e acabar derrotado no Maracanã.

Com a vitória, o Fluminense precisa apenas empatar no jogo de volta que avança às oitavas de final do torneio continental. Já o Goiás garante a classificação com uma vitória simples jogando em casa. A próxima partida acontece na próxima quarta-feira (3), às 22h, no Serra Dourada.

Fluminense aproveita chances e abre vantagem

As equipes fizeram um primeiro tempo aberto e bem movimentado no Maracanã. O Fluminense aproveitou melhor suas oportunidades e conseguiu abrir uma boa vantagem para a etapa final.

Aos 28min, Conca lançou a bola na área, Edson antecipou ao goleiro Renan e resvalou para o fundo das redes. Aos 34min, Rafael Sobis cobrou escanteio da esquerda, o volante subiu na primeira trave e fez seu segundo gol na partida.

O Goiás até criou chances de gol, mas as traves salvaram o jovem Kléver, substituto de Diego Cavalieri. Ao contrário do jogador do Fluminense, que foi feliz nas duas oportunidades que teve, Erik ficou no quase. Aos 33min, o atacante entrou na área e bateu no travessão. Seis minutos depois, Léo Veloso cruzou, a bola passou por toda defesa carioca e Erik, na pequena área, mandou novamente no travessão.

Goleiro expulso e pressão do Goiás

No segundo tempo, dava a impressão de que o Fluminense facilmente chegaria ao terceiro gol e mataria a partida. Porém, um lance aos 13min, envolvendo novamente Erik, mudou os rumos do jogo. O atacante foi lançado em profundidade, tentou driblar Kléver na meia-lua, mas foi derrubado pelo goleiro. Como o lance era claro para gol, o árbitro acabou expulsando o jovem arqueiro do Fluminense.

Depois da expulsão, o jogo virou ataque contra defesa. O Fluminense recuou, Cristóvão tirou Fred e colocou mais um zagueiro e a equipe carioca sofreu pressão até o final da partida. Com um homem a mais em campo, o Goiás insistiu e descontou no final. Já nos acréscimos, aos 48min, Murilo recebeu passe na lateral da área e tocou para o lado. Elivélton escorou contra a própria meta e Erik, dessa vez, conseguiu mandar a bola para dentro.

Tags: Brasileiro, Fluminense, futebol, Maraca, Vitoria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.