Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2014

Esportes

Paraná testa novo esquema tático com três zagueiros

Portal Terra

Para a partida de sábado, às 16h10, na Arena das Dunas, o técnico Claudinei Oliveira pode mudar o esquema tático da equipe. No treinamento desta terça-feira (26), a formação passou do 4-4-2 para o 3-5-2.

A alteração, que ainda precisa ser mais testada, tem o ala Breno deslocado para o setor defensivo, junto com Alisson e Gustavo. Com isso, o lateral esquerdo Paulinho assume a posição e tende a fazer sua estreia – o atleta veio do Londrina. Na ocasião, quem sai do time é Marcos Serrato, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Além disso, Claudinei recebeu três reforços do departamento médico. O meio-campista Lúcio Flávio, o atacante Adaílton e o goleiro Jociel Henrique iniciaram a fase de transição para os trabalhos físicos. “Eles tiveram uma ótima evolução clínica e estão liberados pelo Departamento Médico”, explicou Cid Andrade, fisioterapeuta da equipe. Os jogadores voltam aos treinos na manhã desta quarta-feira, 27, no CT Barcellos.

A formação do time paranista foi: Marcos; Gustavo, Alisson e Breno; Chiquinho, Lucas Otávio, Edson Sitta, Henrique Santos e Paulinho; Tiago Alves e Giancarlo.

Funcionários deixam lixo na Vila como protesto

Outra situação também chamou atenção na Vila Capanema. Mesmo com o pagamento parcial da dívida na última sexta-feira (22), alguns funcionários decidiram protestar de uma forma inusitada.

As arquibancadas do estádio estavam cheias de lixo, principalmente no setor social. O pessoal da limpeza alega que, apesar de receber a taxa de R$ 50 após o jogo diante do Bragantino, possui débitos salariais de até seis meses.

Por outro lado, a diretoria do Paraná alega que a sujeira não foi realizada por estar previsto um mau tempo com chuva no dia. Além disso, a promessa do pagamento de um mês faria com que o lixo seja removido ainda nesta terça-feira. 

Tags: Campeonato, esquema, futebol, paraná, treino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.