Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Esportes

Ney Franco volta ao Vitória com "vontade de trabalhar" 

Portal Terra

Contratado pelo Vitória para tentar fazer a equipe voltar a jogar bem, o técnico Ney Franco foi apresentado no final da manhã desta segunda-feira. O treinador, que começou a temporada no clube pensando em classificação para a Copa Libertadores, acabou trocando o clube baiano pelo Flamengo e, agora, retorna com uma missão diferente: fazer o time deixar a zona de rebaixamento.

Quando Ney Franco pediu demissão e acertou com o Flamengo, no dia 12 de maio, o Vitória ocupava a 12ª posição na tabela. Hoje, a equipe é a lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 15 pontos ganhos, e somente três triunfos obtidos em 17 rodadas. Na abertura da entrevista coletiva, o treinador não teve meias palavras e falou que o objetivo inicial do clube é escapar da degola.

"A gente tem que trabalhar com a realidade. Temos um trabalho muito difícil. Campeonato Brasileiro é difícil. Nessa altura do campeonato, já começa a se definir quem vai brigar por título, por Libertadores, Sul-Americana e um bloco, que infelizmente nos encontramos, que vai lutar contra o rebaixamento. Temos que ter a noção exata de onde estamos. Temos a expectativa de sairmos o mais rápido possível e colocar o Vitória em uma situação melhor", avaliou.

Ney Franco destacou o fato de conhecer boa parte do elenco como um elemento importante para que ele possa realizar um bom trabalho até o final de 2014. O técnico esteve à frente do Vitória em 47 jogos, entre 2013 e 2014. Foram 22 triunfos, 16 empates e nove derrotas, aproveitamento de 58,1%. Hoje, de acordo com Ney Franco, o elenco do Vitória é até melhor do que o dirigido por ele até maio deste ano.

"Essa é uma equipe mais qualificada do que a que tínhamos. O grupo se reforçou e agora é ter competência para tirar o máximo desses atletas que aqui estão. Eu acho que a gente tem que pegar o máximo do trabalho do Jorginho. Estou falando de uma equipe que eu conheço bem, embora depois da minha saída tenham chegado outros atletas. Vou tentar me inteirar, ter conversas coletivas e individuais, para que a gente possa encontrar a melhor forma de jogar. Temos jogadores voltando, como Juan e Escudero. Por conhecer o elenco, temos uma ideia clara de como trabalhar essa equipe", disse.

Apesar de a equipe ser parecida com a que treinou, Ney Franco vem em um momento da carreira diferente. Em 2013, o treinador era idolatrado pela torcida, por ter levado o Vitória à 5ª posição da Série A, ficando a um passo da Libertadores. Em 2014, Ney teve resultados negativos à frente do Vitória e piores no comando do Flamengo, onde não conseguiu um triunfo sequer na curta passagem, de sete jogos. Porém, ele volta ao Vitória se dizendo pronto e sem precisar provar a sua competência.

"Me apresento motivado, da mesma forma como estava antes. Nunca faltou empenho e entrega. Voltamos com essa mesma disposição para ter um desempenho tão bom como foi o da reta final de 2013. Eu poderia simplesmente dizer não ao convite do presidente. Quando ele me ligou, eu estava praticamente dentro do aeroporto, com uma viagem internacional marcada. Mas foi um acerto rápido. Eu saí daqui muito bem resolvido. Não volto com a responsabilidade de ter que provar alguma coisa, mas com a responsabilidade de estar em um clube em que dá vontade de trabalhar", finalizou.

Tags: BA, carreira, retorno, treinador, Vitoria

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.