Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Federação Italiana de Futebol arquiva processo contra presidente eleito 

Carlo Tavecchio foi acusado de racismo

Jornal do Brasil

O procurador federal da Federação Italiana de Futebol (Figc), Stefano Palazzi, arquivou nesta segunda-feira (25) o processo de racismo contra o presidente eleito da entidade, Carlo Tavecchio. Segundo Palazzi, a investigação "não encontrou evidências para uma ação disciplinar, tanto em termos objetivos como subjetivos".

A investigação começou no final do mês passado, após o dirigente afirmar em uma assembleia com seus pares que "a questão de acolher é uma coisa, do futebol é outra. A Inglaterra avalia os sujeitos que entram no país, se são profissionais para jogar. Nós, ao invés disso, chega um 'Opti Pobá', que antes comia bananas, e é titular da Lazio. E está tudo bem assim. Na Inglaterra, é preciso mostrar seu currículo e seu 'pedigree'".

Apesar de ter se livrado da investigação da Figc, Tavecchio poderá responder por ações na Fifa e também na Uefa. Ele foi eleito no dia 11 de agosto com mais de 60% dos votos dos delegados italianos. 



Tags: Racismo, figc, futebol, italiano, presidente

Compartilhe: