Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Esportes

Amistoso pela paz terá 50 jogadores

Agência ANSA

A partida inter-religiosa pela paz, idealizada pelo papa Francisco, terá 50 jogadores de várias nacionalidades, informou a equipe que organiza a partida nesta segunda-feira (25). O jogo está marcado para o dia 1º de setembro no Estádio Olímpico de Roma.    

O ex-jogador argentino Javier Zanetti foi o encarregado pelo Pontífice para chamar os atletas e organizar a parte esportiva do evento. "Uma das coisas que mais o preocupam é a própria paz no mundo. E foi uma honra envolver tantos colegas e amigos para isso", disse Zanetti.    

O argentino também comentou que apenas um jogador declinou o convite. Foi o egípcio Mohamed Aboutrika. Ele disse que não queria fazer "parte" de uma equipe com israelenses, já que a presença de Yossi Benayoun foi confirmada. A ideia da partida é reunir jogadores cristãos, judeus e muçulmanos em um mesmo gramado par mostrar que a paz no mundo é possível. E como Francisco participará do evento? O monsenhor Guillermo Karcher afirmou que ele terá um encontro com os jogadores no dia da partida, mas que ele não irá ao estádio ou verá a partida pela TV. Afinal, segundo Karcher, "ele nunca assiste televisão".    

A presidente da emissora italiana Rai, Anna Maria Tarantola, falou que "com tantos jogadores campeões em campo e com esta mensagem do papa Francisco, a Rai - que é um serviço público - não poderia se ausentar". A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) também confirmou presença no evento. Dois patrocinadores da partida, a Fiat e a Pirelli, leiloarão itens para arrecadar fundos para os projetos sociais: a primeira fará o leilão de um carro autografado pelos jogadores e a segunda doará um pneu com as assinaturas de todos os pilotos da Fórmula 1.    

Entre os atletas e ex-atletas que confirmaram presença no evento estão Diego Armando Maradona, Zinedine Zidane, Roberto Baggio, Andrea Pirlo, Lionel Messi, Gianluigi Buffon, Ezequiel Lavezzi, David Trezeguet, Andriy Shevchenko e Filippo Inzaghi.

Tags: Francisco, Jogadores, Mundial, papa, PAZ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.