Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Esportes

Fratus é ouro nos 50m livre com recorde do Pan-Pacífico

Jornal do Brasil

Bruno Fratus venceu os 50m livre, com o tempo de 21s44, superando em um centésimo o melhor tempo de sua carreira, e conquistou a tão sonhada medalha dourada para coroar a boa performance da equipe brasileira no Campeonato Pan-Pacífico de Natação, que terminou neste domingo (24), na Austrália. O Brasil sai de Gold Coast com quatro pódios (1 ouro, 2 pratas e 1 bronze). Na história da competição, a natação brasileira totaliza 14 medalhas (3 de ouro, 4 de prata e 7 de bronze). O próximo Pan-Pacífico de Natação será em Tóquio, Japão, em 2018, como evento-teste dos Jogos Olímpicos de 2020.

O tempo de Fratus o mantém na segunda colocação da prova em 2014, atrás somente do 21s39 de Cesar Cielo no Maria Lenk, em abril. De quebra, Fratus quebrou o recorde da competição, que pertencia ao americano Nathan Adrian, 21s55, da edição passada, em 2010. 

Desta vez, Adrian teve que se contentar com o bronze, 21s80, atrás de seu compatriota, Anthony Ervin, prata com 21s73. 

Na final B, Nicholas Santos, nadando no estilo borboleta, ficou na 8ª posição (a 16ª geral), com 23s35.

Na versão feminina da prova, Graciele Herrmann quase igualou ou bateu sua própria marca sul-americana. A nadadora gaúcha, com 24s78, terminou na 5ª colocação, a dois centésimos de seu recorde continental. Etiene Medeiros ficou com o 7º lugar, 25s07. Nas eliminatórias, Etiene tornou-se a terceira brasileira a completar a prova em menos de 25 segundos (24s99), após Graciele e Flavia Delaroli, que encerrou a carreira com 24s98 como melhor marca. Graci, além do recorde de 24s76 e do tempo de hoje, já marcou 24s79 e 24s96. Antes do Pan-Pacífico, o melhor tempo de Etiene era de 25s46.

Tags: brasileira, bruno, natação, pódio, provas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.