Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Esportes

São Paulo quebra série do Inter e entra no G-4 do Brasileiro

Portal Terra

O São Paulo conseguiu na noite desta quarta-feira uma vitória digna de uma equipe que briga pelas primeiras posições da tabela. Em pleno Beira-Rio, o time paulista abriu o placar com Paulo Henrique Ganso no primeiro tempo, segurou o resultado como pode no restante da partida e saiu de campo com o importante triunfo por 1 a 0 sobre o Inter, que vinha de cinco vitórias seguidas sem sofrer gols, para entrar no G-4 da competição nacional.

Até então, o clube colorado só havia perdido em casa para o Cruzeiro, pela sétima rodada do torneio nacional - a única derrota no Beira-Rio havia sido para o Ceará, pela Copa do Brasil. O revés impede o Inter de assumir a liderança do Brasileiro: fica com 31 pontos, na segunda colocação. O time tricolor, por sua vez, sobe aos 29 pontos e tira o Fluminense do G-4, assumindo a terceira colocação – ainda pode ser ultrapassado pelo Corinthians, que joga nesta quinta em Itaquera contra o Goiás.

Ambas as equipes voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro neste fim de semana. No sábado, às 18h30 (de Brasília), o time gaúcho encara o Atlético-MG em Belo Horizonte. Já os paulistas têm o clássico local contra o Santos, no Morumbi, às 16h do domingo.

Dentro das quatro linhas, Inter e São Paulo fizeram um jogo animado no Beira-Rio. Os donos da casa começaram a partida melhores e nos primeiros momentos até esboçaram uma pressão no rival paulista – na melhor chance da equipe colorada, Alex chutou forte pela esquerda e Rogério Ceni pego no susto, com os pés.

Apesar da superioridade dos gaúchos, o São Paulo se soltou aos poucos na primeira etapa. Na primeira boa chance, o clube do Morumbi conseguiu abrir o placar. Aos 34min, os visitantes pressionaram na frente e aproveitaram saída errada de Juan para inaugurar o marcador: a bola sobrou para Álvaro Pereira pela esquerda, que cruzou forte e viu a bola desviar na zaga adversária antes de cair no pé de Ganso, que chutou conscientemente para o gol.

A volta para os últimos 45 minutos manteve o Inter melhor em campo e com mais posse de bola. A primeira boa chance foi aos 8min, quando D’Alessandro chutou forte para grande defesa de Rogério Ceni – Rafael Moura concluiu para a rede na sobra, mas estava impedido. Ainda assim, o São Paulo era extremamente perigoso em contra-ataques: aos 18min, Pato fez boa jogada e tocou para Kaká, que chutou forte da entrada da área na rede pelo lado de fora.

O Inter seguiu melhor, e Muricy tentou mudar a equipe ao promover a estreia de Michel Bastos aos 31min na vaga de Ganso, autor do gol. Dois minutos mais tarde, o estreante cruzou para Alexandre Pato, que só não marcou, pois viu o chute parar na zaga. A mesma estratégia quase deu certo a favor do Inter: Wellington Paulista entrou aos 35min e, na primeira corrida, acertou cabeceada na trave após escanteio.

Os últimos minutos do duelo foram todos de pressão do Inter, que buscou de todas as formas igualar a partida. Aos 44min, foi a vez de Rafael Moura receber pela esquerda e chutar na rede pelo lado de fora do gol de Rogério Ceni. Mesmo com a pressão colorada, o São Paulo deixou o Rio Grande do Sul com a importante vitória fora de casa.

Tags: Brasileiro, Campeonato, futebol, inter, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.