Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Esportes

Técnico do Shakhtar detona Bernard: "jogador de Twitter"

Portal Terra

O treinador do Shakhtar Donetsk voltou a criticar o meia-atacante brasileiro Bernard. Em entrevista ao site oficial do clube ucraniano, Mircea Lucescu diz que não entende o comportamento do jogador, que, segundo ele, não aparece há três meses.

"O comportamento dele é simplesmente inexplicável para mim. Em 40 anos da minha carreira de treinador, eu nunca tinha me deparado antes com uma situação como esta que estou observando com ele! Nós nos separamos de Bernard no dia 15 de maio, após a final da Copa. Permitimos que ele fosse para casa mais cedo do que todos os outros. Pois agora já vai fazer quase três meses que a gente não o vê. E todo esse tempo, ele continua recebendo o salário do seu contrato", destacou.

Lucescu ainda reclamou sobre a falta de interação do brasileiro com outros companheiros e o chamou de jogador de redes sociais: "eu, como seu treinador, nunca recebi dele nenhum telefonema, nenhum parabéns pela Supercopa da Ucrânia, nem mesmo palavras de ânimo sobre os outros jogadores. Eu ainda não tinha encontrado nenhum outro jogador que não fraternizasse com ninguém da equipe, nem brasileiros, nem ucranianos. Com ninguém! A sensação que dá é que ele é um jogador de Twitter e das redes sociais. Aí ele contata com os fãs. Mas, ao mesmo tempo, não se comunica com a sua equipe, que é quem lhe paga o salário, e que não é nada pequeno! Estou surpreso com o comportamento dele".

Diversos jogadores do Shakhtar e de outros times da Ucrânia estão deixando seus clubes, com medo da crise vivida no país. Bernard, porém, recebe criticas por todo o seu comportamento e falta de entrega, segundo o treinador. "Quando ele assinou o contrato, eu lhe expliquei a filosofia da nossa equipe e a minha filosofia pessoal. Expliquei-lhe o que era um Campeonato Ucraniano, o que os torcedores esperam do clube: entrega total em todos os jogos. Eu chamei a atenção dele para ele pensar muito bem antes de assinar o contrato. Talvez eu até tenha mesmo ido contra os interesses do clube naquele momento... Ele não me escutou, assinou o contrato, provavelmente para receber dinheiro. E, como resultado, a gente o viu muito pouco aqui".

Mesmo elogiando as qualidades do ex-jogador do Atlético-MG, Mircea Lucescu diz que Bernard não se adaptou ao Campeonato Ucraniano e garante que ele será punido. "Se Bernard assumir uma postura mais séria e voltar para o clube que assinou com ele por cinco anos, então talvez algo mude. Mas eu não sei quando ele vai aparecer. E se aparecer, então volta a ir embora uma semana depois para a seleção nacional, e voltará a estar ausente. E novamente não vai se preparar para a Champions League. Do meu ponto de vista, isso é inqualificável. E, ainda para mais, ele é o brasileiro mais bem pago da nossa equipe. E ele sabe que será punido. Embora eu nunca antes tenha feito isso. Eu lhe dei tempo para se adaptar. Pensei que ele queria entender todos os outros, entender o que é este campeonato que ele representa e no qual ele joga".  

Tags: Brasileiro, futebol, meia, técnico, ucraniano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.