Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Esportes

Com um a mais, Corinthians frustra Robinho e bate Santos

Portal Terra

A reestreia de Robinho com a camisa do Santos não deu sorte ao time da Baixada na tarde deste domingo. Na Vila Belmiro, a equipe viu o camisa 7 incendiar o jogo e dar trabalho, apesar de atuar com um homem a menos desde o final do primeiro tempo, a expulsão de Alison. No entanto, não resistiu ao Corinthians, que venceu por 1 a 0 com gol do zagueiro Gil em cobrança de escanteio.

Com o resultado, o Corinthians chega a nove jogos sem derrota no Campeonato Brasileiro e sobe de posição: soma 27 pontos, ultrapassa o Fluminense e assume a terceira colocação. O Santos, por sua vez, perde a chance de colar no G-4. Com 20 pontos, é sétimo colocado.

O Corinthians volta a campo no sábado, para enfrentar o Bahia às 21h (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo. Já o Santos terá outro confronto complicado na sequência do Campeonato Brasileiro: vai ao Mineirão, em Belo Horizonte, no domingo para pegar o líder da competição, o Cruzeiro, às 16h.

O clássico na Vila Belmiro começou a mil, e logo aos 4min o placar quase saiu do zero em falha do goleiro Cássio, do Corinthians: ele foi dar a saída de bola, mas acertou nas costas do atacante Leandro Damião, saindo por cima do gol. No lance seguinte, Cicinho cruzou da direita, a zaga corintiana não fez o corte, e Arouca finalizou por cima também. Aos 16min, foi Aranha que salvou o Santos, pegando cabeçada de Cleber em cobrança de falta.

Robinho, que fez sua reestreia pelo Santos contra um de seus adversários preferidos, também se destacou. Aos 18min, deu lançamento para Leandro Damião, que dividiu com Cássio; na sobra, Thiago Ribeiro tinha o gol aberto, mas chutou por cima, de primeira. O atacante teve chance também aos 23min, depois de Arouca cortar a marcação pela direita e rolar para o meio da área, mas errou a finalização mais uma vez.

Aos 24min, Robinho quase marcou em chute cruzado arriscado da esquerda do ataque. Daí até o final do primeiro tempo, o jogo permaneceu truncado, com muitas faltas e discussões. O árbitro Raphael Claus distribuiu sete cartões amarelos, dois deles para o santista Alisson, que foi expulso de forma polêmica aos 46min, quando corria atrás de Elias em contra-ataque do Corinthians – o jogador corintiano bateu o calcanhar no joelho do santista, se desequilibrou e caiu; o árbitro deixou o anfitrião com um homem a menos.

Oswaldo de Oliveira não mexeu na escalação do Santos, e assim a equipe voltou melhor para o segundo tempo, apesar da inferioridade numérica. Robinho chamou a responsabilidade e quase abriu o placar aos 8min, quando aproveitou falha de Guilherme Andrade dentro da área e bateu cruzado. Aos 14min, ajeitou bola para Lucas Lima bater com perigo. Já aos 18min, armou jogada que terminou com tabela de Alan Santos e Lucas Lima e chute para fora.

O Corinthians equilibrou a partida com a entrada de Ferrugem. Aos 32min, ele fez linda jogada pela direita e tocou para o chute de Elias, mas Aranha fez excelente defesa. No lance seguinte, Guerrero cruzou e Romero se adiantou à zaga, mas cabeceou para fora. Aos 38min, Renato Augusto cobrou escanteio, e Gil desviou de cabeça para abrir o placar para o Corinthians na Vila Belmiro e definir a vitória corintiana.

Tags: Brasileiro, Campeonato, peixe, Robinho, timão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.