Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Setembro de 2014

Esportes

Diretor diz que Botafogo está sem garantia que ninguém vai sair

Portal Terra

O Botafogo vive uma grande crise financeira, e com três meses de atrasos de salários na Carteira de Trabalho e seis meses de direito de imagem atrasados, os jogadores chegam a pensar em saída do clube. Após o empate com o Cruzeiro, no fim de semana, o goleiro Jefferson disse que não há conversas sobre o assunto, mas o diretor de futebol, Wilson Gottardo, revela não ter garantia do fato.

“Tem muitas pessoas envolvidas, não tem como dizer que não vai sair, ou que vai sair. E também não dá pra dizer que está todo mundo insatisfeito”, disse.

O ex-jogador, porém, falou que as coisas estão sob controle no Botafogo, e chegou a alfinetar Emerson Sheik, que tem dado declarações polêmicas. “Opinião é aberta, democracia é aberta, mas não é tão agradável assim, porque a verdade pode ter vários lados. Precisa ter cuidado com as ações, com o que fala. Palavras lançadas são como penas ao vento, depois você não consegue alcançar”.

Tags: clubes, crise, Fogo, futebol, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.