Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes

Uruguaio aprova estreia no Vitória e ganha elogios 

Portal Terra

Nos últimos anos, meio-campistas estrangeiros têm feito sucesso no Vitória. Em 2013, por exemplo, o paraguaio Luis Cáceres e o argentino Damián Escudero apareceram como destaques do clube na boa campanha no Campeonato Brasileiro. O sucesso fez o time voltar ao mercado estrangeiro, do qual pescou três reforços: Luis Aguiar, Guillermo Beltrán e Júnior Fernández.

No último sábado, o uruguaio Luis Aguiar estreou e fez boa partida contra o Grêmio, sendo fundamental para o triunfo, apesar de algumas falhas na marcação. Após o jogo, o técnico Jorginho elogiou o jogador, mas também comentou os buracos deixados por seus avanços ao ataque. Se continuar rendendo tão bem quanto na sua primeira partida, pode se tornar peça-chave no time baiano.

"Foi um jogo difícil, mas me senti bem no time", analisou Aguiar. "Consegui fazer aquilo que o treinador me pediu e tive algumas falhas, como ele falou também. Mas é sempre melhor ganhar o jogo para poder trabalhar tranquilo nas falhas que o time tem. Sempre tem coisas a melhorar. Foi o meu primeiro jogo com os meus companheiros. Treinar e jogar não são a mesma coisa. É importante treinar muito e se preparar para o que vem pela frente".

Aguiar foi contratado pelo Vitória na primeira metade de julho, mas ficou alguns dias sem treinar, por estafa muscular. O jogador, que vinha realizando pré-temporada pelo Peñarol, acredita que a volta aos treinos possa ajudar com que ele melhore o ritmo de jogo. Porém, o uruguaio não quis prometer um prazo para estar adaptado.

"Não gosto de falar se vou estar bem ou mal. Eu tenho que trabalhar a cada dia. Vou me preparar para jogar da melhor forma, mas não vou falar agora do jogo contra o São Paulo, porque não sei. Não gosto de falar e prometer nada. Acho que jogador tem que jogar para mostrar o que quer falar fora de campo. É assim mesmo que tem que ser. A gente vai chegar bem ao jogo, mas aquilo que aconteceu no sábado já é passado. A nossa necessidade ainda continua. É preciso ter humildade e trabalhar bem esse jogo", finalizou.

Tags: . aprovação, Bahia, contratações, estrangeiros, partidas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.