Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Esportes

Magnano critica aproveitamento ruim do Brasil com Argentina

Portal Terra

A Seleção Brasileira masculina de basquete derrotou a Argentina por 68 a 59, neste sábado, no Rio de Janeiro, mas o técnico Rubén Magnano não gostou muito da atuação do time. O treinador, nascido na Argentina, reclamou do baixo aproveitamento da equipe nos arremessos de média e longa distância e nos lances livres.

A partida no Maracanãzinho foi válida por um triangular preparatório para o Campeonato Mundial masculino da modalidade, que será realizado entre 30 de agosto e 14 de setembro na Espanha.

"Hoje tivemos um aproveitamento muito baixo nos tiros de campo e isso nos atrapalhou um pouco. Eles se fecharam muito no garrafão porque lá nosso jogo é forte, e ficamos sozinhos para os chutes, mas não conseguimos ter bom aproveitamento", disse Magnano ao SporTV. "Com intensidade e vontade na defesa conseguimos ganhar", completou.

Ruben Magnano queria ver Brasil melhor, apesar da vitória
Ruben Magnano queria ver Brasil melhor, apesar da vitória

O principal nome da partida foi o pivô Tiago Splitter, que conseguiu um duplo-duplo com 15 pontos e 11 rebotes. Varejão obteve 12 rebotes e Nenê e Leandrinho contribuíram com 10 tentos cada. O cestinha da partida foi o argentino Campazzo, com 17 pontos.

Comandada pelo argentino Rubén Magnano, a Seleção foi eliminada pelos rivais sul-americanos em suas duas últimas principais competições: os Jogos Olímpicos de Londres 2012, nas quartas de final, e o Campeonato Mundial da Turquia 2010, nas oitavas.

Neste sábado, no entanto, a Argentina teve um time bastante diferente das últimas competições. Manu Ginóbili, Carlos Delfino e Juan Gutiérrez estão contundidos e não disputarão o Mundial. Já Luis Scola pediu dispensa do triangular realizado no Rio e se integrará ao time somente na próxima semana.

"Nós temos um bom jogo interior, mas temos que aproveitá-lo. Nossos outros jogadores também precisam colaborar. Quando fecharem o garrafão, alguém tem que meter a bola de fora. Tivemos baixo aproveitamento no lance livre também", detectou Magnano.

Brasil e Argentina voltarão a se enfrentar na próxima semana, desta vez em Buenos Aires, em novo torneio triangular. No Rio, o terceiro time foi Angola. No evento portenho, será o México.

Tags: Argentina, brasil, carlos delfino, juan gutiérrez, manu ginobili, rubén magnano

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.