Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Esportes

Museu da CBF é aberto ao público no Rio de Janeiro 

Portal Terra

A partir desta sexta-feira, o Museu da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) será aberto ao público. A instalação foi criada na nova sede da entidade, na Barra da Tijuca, e funcionará todos os dias, exceto em 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Antes de entrar no museu, o visitante assistirá a um vídeo sobre os 100 anos da história da Seleção. Durante sete minutos, imagens das conquistas mas também os reveses do Brasil, como a derrota para o Uruguai na Copa de 1950, no Maracanã, são exibidas na tela.

O passo seguinte é a entrada nas dependências do museu e o primeiro contato é com um novo vídeo sobre o início da Seleção até o título da Copa do Mundo de 1958. Ao término, a tela é recolhida e são reveladas as primeiras relíquias conquistadas pelo Brasil, como a Copa Roca de 1914.

No caminho do visitante, surgem as camisas usadas pela Seleção em toda a sua história. Os trajes foram doados pelos jogadores, como a usada por Raí, na Copa dos Estados Unidos, em 1994. 

A camisa da Copa do Mundo de 2014 está em exibição, mas não foi uma peça utilizada por algum atleta. A doação ainda ocorrerá e, provavelmente, será a do capitão Thiago Silva.

Superada essa fase, o visitante entra no setor interativo do museu. Nele, uma mesa com os dados de todos os jogadores, partidas, competições e conquistas da Seleção podem ser acessados em um sistema de tela sensível a toque. Além disso, painéis instalados nas paredes da sala permite ao torcedor ouvir as narrações dos gols brasileiros em português ou em outros idiomas e óculos de realidade virtual e jogos o transportam para dentro de uma preleção até a entrada em campo.

A fase final da visita é dedicada aos troféus conquistados pela Seleção. Em um primeiro momento, taças como a da Copa das Confederações até a apoteose, com a sala onde estão as réplicas das cinco Copas do Mundo do Brasil.

Como recordação da visita, é possível tirar uma foto com montagens da Seleção ao custo de R$ 25. Dentro do Museu não é permitido fotografar, assim como a entrada de animais e alimentos.

O Museu da CBF funcionará sempre das 9h às 17h (o acesso ao local é permitido somente até às 16h30) e o ingresso custa R$ 22 (meia-entrada, R$ 12). Grupos de 20 e 30 pessoas pagam R$ 10 por ingresso. Escolas, R$ 3, com entrada gratuita para o professor.

A sede da CBF fica na Avenida Luís Carlos Prestes, 130, Barra da Tijuca, Zona Oeste.

Tags: barra, brasileira, confederação, futebol, museu

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.