Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Esportes

Maradona alcança nova vitória contra fisco italiano

Agência ANSA

A Comissão Tributária de Nápoles decidiu suspender nesta sexta-feira (1º) um aviso de inadimplência dado pela Equitalia (agência pública responsável pela arrecadação de impostos na Itália) a Diego Armando Maradona, referente a uma suposta dívida fiscal de 39 milhões de euros (R$ 120 milhões).    

A decisão vale até o julgamento sobre a existência ou não do débito, que está marcado para o próximo dia 9 de outubro. Essa foi a segunda vitória do "Pibe de Ouro" contra o fisco italiano nos últimos dois meses. Em 30 de maio, a Equitalia já havia bloqueado a penhora dos pagamentos que o ex-craque tem direito a receber no país, seguindo recomendação da mesma Comissão Tributária de Nápoles.    

Com a suspensão, a agência fica proibida de cobrar qualquer valor de Maradona até que a questão seja julgada pela Justiça. O ex-jogador argentino é acusado de ter uma dívida fiscal de 39 milhões de euros (incluindo juros), contraída na década de 1980, quando defendia o Napoli. 

Tags: argentino, comissão, Nápoles, suspensão, tributária

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.