Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Esportes

Com a bênção do Papa, San Lorenzo está na final da Libertadores

Agência ANSA

 Uma Copa Libertadores com tantas surpresas não poderia terminar de maneira diferente. Ontem (30), o San Lorenzo (Argentina) garantiu sua vaga na disputa do título contra o Nacional (Paraguai). A final é inédita por dois motivos: o primeiro é, obviamente, o fato dos dois times nunca terem feito o jogo final. O segundo, e mais curioso, é que as duas equipes foram as piores colocadas entre os segundos colocados da fase de classificação. Nunca na história times com uma classificação tão ruim disputaram o título.

    Mesmo perdendo por 1 a 0, o time do papa Francisco conseguiu a vaga por ter ganhado a primeira partida por 5 a 0 em casa. Já o Nacional, que jogou na terça-feira (29), também perdeu por 1 a 0, mas garantiu a passagem por ter ganho o primeiro jogo contra o Defensor Sporting por 2 a 0.

    Sendo a única equipe grande de seu país que não tem o tão desejado título de campeão da América, o San Lorenzo também fez história ao bater dois times brasileiros: o Grêmio, nas oitavas, e o Cruzeiro, nas quartas de final. Aliás, essa edição da Libertadores foi muito ruim para as equipes brasileiras. Pela primeira vez na história, três caíram na fase de grupos e, há 23 anos, o Brasil não ficava fora das semifinais da competição.

    As finais da competição serão nos dias 6 e 13 de agosto. (ANSA)

Tags: america, Argentina, Francisco, futebol, time

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.