Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Esportes

Pai de Neymar processa ex-presidente do Santos

Ele moveu ação por ter sido chamado de 'mau-caráter'

Agência ANSA

O pai do jogador Neymar, Neymar da Silva Santos, entrou com um processo contra o ex-presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (Laor), por danos morais. Quem divulgou a informação foi o site da ESPN Brasil.

    Segundo o processo, o empresário quer ser ressarcido pelo ex-dirigente o ter chamado de "mau-caráter, mentiroso, duas caras" e de ter insinuado que a venda de Neymar para o Barcelona incluía "orgias e prostituição" em Londres. Ainda de acordo com o documento que a ESPN teve acesso, "a maior parte das críticas, quando restritas às questões profissionais, é relevada e absorvida pelo autor e pela sua assessoria de imprensa e marketing. Ocorre, contudo, que o réu não se restringiu às saudáveis críticas do mundo do futebol brasileiro.

    O réu foi muito além da crítica: xingou, ofendeu, atingiu a fundo a honra do autor, no plano pessoal e profissional".

    O juiz responsável pelo caso determinou que a ação valesse, no mínimo, R$ 20 mil - que é o mesmo valor em que Laor foi obrigado a pagar em outras duas ações judiciais parecidas. O dirigente não quis se manifestar sobre o caso por não ter sido notificado pela Justiça.

    A discussão de Laor e Neymar (pai) veio à tona após a Procuradoria da Espanha exigir explicações sobre o valor da transação de Neymar do Santos para o Barcelona. Descobriu-se que o clube catalão sonegou cerca de 9 milhões de euros em impostos.

    O então presidente do clube, Sandro Rosell, renunciou ao cargo e responde a um processo na Espanha. O pai de Neymar também será investigado para saber o quanto ele está envolvido no esquema.

    (ANSA)

Tags: craque, jogador, justiça, neymar, ofensa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.