Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Com Dilma, clubes querem agilizar renegociação de dívida

Portal Terra

Dirigentes de 12 clubes de futebol brasileiro se reúnem nesta sexta-feira com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto para discutir a renegociação da dívida das entidades desportivas. Os representantes querem deixar mais enxuto o projeto de lei que trata do tema, sem questões polêmicas, para agilizar a votação no Congresso.

“Eu acho que tem de fazer um projeto mais simples e deixar o mais polêmico para depois”, disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, ao chegar para o encontro no Palácio do Planalto. Outros nove representantes de clubes da Série A (Corinthians, Palmeiras, Coritiba, Botafogo, São Paulo, Bahia, Atlético Mineiro, Internacional e Grêmio), um da Série B (Santa Cruz) e um da Série C (Paysandu) também estarão presentes na reunião.

Em maio, uma comissão especial criada na Câmara dos Deputados aprovou uma Lei de Responsabilidade Fiscal para o esporte, que unifica a dívida dos clubes – com impostos e FGTS, por exemplo – e estipula o pagamento dos débitos em até 25 anos.

A matéria prevê a responsabilização pessoal dos dirigentes, que não podem contrair débitos para além de seus mandatos. O descumprimento da lei de responsabilidade pode levar clubes caloteiros ao rebaixamento.

Segundo Bandeira de Mello, a CBF já sinalizou favoravelmente à alteração do regulamento. “Acho que não vai ter problema nenhum. A CBF já se manifestou favoravelmente para alterar o regulamento para a apresentação de certidões negativas de débito”, disse.

Além da renegociação da dívida, o projeto libera apostas online para o esporte, cria uma raspadinha, a Lotex, e um fundo para incentivar a iniciação desportiva.

Tags: clube, dívida, encontro, presidente, reunião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.