Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Esportes

Com Dilma, clubes querem agilizar renegociação de dívida

Portal Terra

Dirigentes de 12 clubes de futebol brasileiro se reúnem nesta sexta-feira com a presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto para discutir a renegociação da dívida das entidades desportivas. Os representantes querem deixar mais enxuto o projeto de lei que trata do tema, sem questões polêmicas, para agilizar a votação no Congresso.

“Eu acho que tem de fazer um projeto mais simples e deixar o mais polêmico para depois”, disse o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, ao chegar para o encontro no Palácio do Planalto. Outros nove representantes de clubes da Série A (Corinthians, Palmeiras, Coritiba, Botafogo, São Paulo, Bahia, Atlético Mineiro, Internacional e Grêmio), um da Série B (Santa Cruz) e um da Série C (Paysandu) também estarão presentes na reunião.

Em maio, uma comissão especial criada na Câmara dos Deputados aprovou uma Lei de Responsabilidade Fiscal para o esporte, que unifica a dívida dos clubes – com impostos e FGTS, por exemplo – e estipula o pagamento dos débitos em até 25 anos.

A matéria prevê a responsabilização pessoal dos dirigentes, que não podem contrair débitos para além de seus mandatos. O descumprimento da lei de responsabilidade pode levar clubes caloteiros ao rebaixamento.

Segundo Bandeira de Mello, a CBF já sinalizou favoravelmente à alteração do regulamento. “Acho que não vai ter problema nenhum. A CBF já se manifestou favoravelmente para alterar o regulamento para a apresentação de certidões negativas de débito”, disse.

Além da renegociação da dívida, o projeto libera apostas online para o esporte, cria uma raspadinha, a Lotex, e um fundo para incentivar a iniciação desportiva.

Tags: clube, dívida, encontro, presidente, reunião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.