Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

Esportes

Atlético-MG desconhece paradeiro de Ronaldinho, mas vai esperar

Portal Terra

Liberado para jogar a partida festiva de despedida do ex-meia Deco, em Portugal, nesta sexta-feira, o craque Ronaldinho não foi ao jogo e ainda não avisou ao Atlético-MG onde está. A situação, considerada normal pela diretoria alvinegra, será esclarecida nos próximos dias, segundo o diretor de futebol, Eduardo Maluf.

“Vamos esclarecer a situação do Ronaldinho. Na sexta-feira passada fomos procurados pelo Assis nos colocando a par do jogo de despedida do Deco. Eu sentei com o Levir e combinamos de não falar até o jogo da decisão (Lanús). Ele estaria liberado para participar do jogo do Deco e se reapresentar na terça-feira", explicou.

"O Levir entendeu por bem que precisa colocar outras pessoas para jogar e liberamos o Ronaldo. O compromisso dele é de se apresentar na terça-feira. Ficamos surpresos pelo fato de ele ter perdido o avião. Não fomos procurados pelo Ronaldo e nem pelo Assis. Vamos resolver essa situação na terça”, destacou.

Sem participar do jogo de despedida, Ronaldinho, no entanto, não se comunicou com o clube para informar onde está e não foi ao CT treinar. O Atlético-MG, em contrapartida, também não buscou nenhum contato para saber do camisa 10, que tem contrato com o clube até o final do ano. Segundo Maluf, na terça-feira o jogador terá que se reapresentar normalmente e, na oportunidade, vai dar explicações.

“O meu modo de entender é do técnico que abriu mão para fazer uma nova formação de jogada. Quando ele atuava quarta, quinta ou domingo, ele costumava folgar numa partida. Como o Atlético-MG tem um elenco capaz e não vejo problema nenhum. Como o técnico entendeu que é momento de uma formação diferente. Vamos dar uma oportunidade de o direito fazer sua defesa na terça-feira”, observou.

Maluf confirmou ainda que vai aguardar até terça-feira, data que encerra o período de “folga” do atleta para tomar qualquer decisão. “Eu não quer passar o carro na frente dos bois. O jogador sabe o que é compromisso. Ele sabe o que autorizamos para ele. A nossa postura é firme. Vou dar oportunidade. Ele pode ligar ou o Assis. Vamos ver a justificativa e aí vamos tomar posição. Não acobertamos nenhum jogador”, finalizou.

Tags: . deco, ausência, despedida, Galo, RONALDO

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.