Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Esportes

Sandro Rosell depõe por 3 horas sobre caso Neymar

Agência ANSA

O ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell, foi interrogado por mais de três horas sobre o caso Neymar nesta terça-feira (22). O dirigente saiu da audiência sem dar declarações à imprensa.    

Rosell é acusado por fraude fiscal na contratação do atacante brasileiro Neymar. Ele teria ajudado o Barcelona a sonegar mais de 9 milhões de euros (cerca de R$ 27,3 milhões). 

Ainda hoje serão ouvidas mais duas pessoas: o representante legal da equipe, Antonio Rossich, e Artur Amich, sócio da empresa Deloitte, que fez a auditoria das contas do clube.    

Os depoimentos de hoje também servirão para esclarecer se houve a participação de mais pessoas do Barcelona e que representam Neymar nos crimes fiscais. O ex-presidente do clube renunciou após as denúncias de fraude na contratação do jogador, no ano passado.

Tags: atacante, Barça, Brasileiro, neymar, presidente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.