Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Esportes

Inter passeia na volta ao Beira-Rio e afunda o Flamengo na lanterna

Portal Terra

A primeira partida do Internacional no Beira-Rio após a Copa do Mundo teve roteiro perfeito para a torcida colorada. Além da homenagem ao ídolo Fernandão, que morreu em acidente de helicóptero em junho, a equipe correspondeu dentro de campo e aplicou fáceis 4 a 0 sobre o Flamengo, ainda afundado na lanterna do Campeonato Brasileiro. Rafael Moura, D'Alessandro, Fabrício e Alex marcaram os gols do time da casa, que contou também com a expulsão do rubro-negro Chicão no fim do primeiro tempo.

A vitória fez o Inter saltar para 19 pontos na tabela, forte na briga por uma das vagas para a Copa Libertadores do ano que vem. Já o Flamengo segue parado nos sete pontos e ocupa a última posição, mas tem apenas dois de desvantagem para o Bahia, primeiro time fora da zona do rebaixamento.

O clima já estava bastante favorável ao time gaúcho mesmo antes do apito inicial. Com os 50 mil lugares do Beira-Rio quase inteiramente ocupados, a festa colorada foi bonita para o eterno ídolo Fernandão, contando com 30 mil máscaras do ex-atacante distribuídas para a torcida. Quando a bola rolou, imediatamente o Inter tomou a iniciativa, com Aránguiz e D'Alessandro controlando o ritmo.

Rafael Moura perdeu grande chance de cabeça quando Felipe saiu mal do gol, mas não perdoou na segunda oportunidade que teve. Aos 11min, D'Alessandro cobrou falta na área, Juan desviou para o meio e o centroavante colorado se antecipou a Chicão para desviar para o gol vazio. Na comemoração, reverenciou a camisa 9 de Fernandão à beira do gramado.

O chileno Aránguiz não resistiu a uma lesão sofrida logo nos primeiros minutos e foi substituído pelo argentino Luque pouco depois. O Flamengo chegou a ensaiar alguns contra-ataques perigosos comandados pelo capitão Léo Moura, que atuou no meio-campo neste domingo.

Mas o time de Ney Franco não conseguiu incomodar o goleiro Dida e ainda levou outro gol no fim do primeiro tempo: Mugni errou ao tentar afastar o perigo da área, Chicão deu um carrinho desproporcional em Fabrício e acabou expulso. D'Alessandro bateu o pênalti sem chances para Felipe e fez 2 a 0.

Na segunda etapa, com vantagem no marcador e no número de jogadores, o Internacional foi senhor da partida. O terceiro gol chegou aos 12min, quando D'Alessandro cruzou da direita e Fabrício pegou um lindo chute cruzado, de primeira, para vencer Felipe. Embalada pelos gritos de "olé" da torcida, a equipe gaúcha passou a administrar a vantagem e rodar a bola no ataque.

Ainda deu tempo para transformar a vitória em goleada aos 33min. Fabrício cruzou da esquerda e Alex, que entrou no lugar do discreto Luque, apareceu de surpresa para desviar para as redes. Foi o golpe de misericórdia no apático time do Flamengo, que tentará se recuperar no próximo domingo, no clássico contra o Botafogo, no Maracanã. Já o Inter pega o Bahia, sábado, na Fonte Nova.

Tags: Brasileiro, Campeonato, derrota, Fla, lanterna

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.