Jornal do Brasil

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Esportes

Pressionada por Copa, Série A tem menos faltas e mais público 

Portal Terra

O fim da Copa do Mundo e o retorno do Campeonato Brasileiro fizeram com que muitos torcedores reclamassem de uma eventual queda de qualidade no futebol apresentado em gramados do país. E mesmo sob essa "sombra", a volta da Série A representou um pequeno alento para quem se acostumou a espetáculos de alto nível ao longo do último mês. Claramente é impossível fazer comparações com a principal competição do planeta, mas mesmo assim a 10ª rodada destoou do restante do Brasileiro: o número de faltas despencou, e a média de público subiu.

Fazendo uma comparação com a média das nove rodadas disputadas antes da Copa, esses foram os quesitos que mais chamaram a atenção, de acordo com os números do Footstats. A média de público no Brasileiro até então era de 12.504 pessoas por jogo, mas, talvez impulsionada pelos novos estádios ou pela saudade dos torcedores de seus times do coração, saltou para 17.433 na última rodada. Já no Mundial, foi de 53.592 por partida.

Em relação ao número de faltas, a última rodada da Série A também apresentou uma melhora considerável em relação à média do campeonato. Se nas nove primeiras rodadas o padrão foi de 34,3 faltas por partida, desta vez o número caiu para 28,89 - inferior até à marca da Copa do Mundo, que teve 29,56 infrações por jogo. O Brasileiro voltou com partidas que fluíram mais e pararam menos.

Já em outros aspectos, não foi possível detectar mudanças significativas. A média de gols da 10ª rodada foi de 2,44 por jogo, um pouco superior ao número de 2,15 do restante do Brasileiro. E as estatísticas de finalizações e passes ficaram praticamente inalteradas. A Copa do Mundo, mais uma vez, teve índices superiores em todos estes quesitos (veja números abaixo).

Ainda é cedo para afirmar se a realização da Copa em terras nacionais, e o título de uma Alemanha que valorizou o futebol coletivo, a troca de passes e o jogo limpo, vão influenciar positivamente os times do País. Mas é possível dizer que, pelo menos na última rodada, o Campeonato Brasileiro pós-Copa já foi acima da média.

Confira os números do retorno do Brasileiro

Público 

Nove primeiras rodadas: 12.504 por jogo 

10ª rodada: 17.433 por jogo 

Copa: 53.592 por jogo

Faltas e cartões 

Nove primeiras rodadas: 34,34 faltas e 4,8 amarelos por jogo 

10ª rodada: 28,89 faltas e 4,55 amarelos por jogo 

Copa: 29,56 faltas e 2,92 amarelos por jogo

Gols 

Nove primeiras rodadas: 2,15 por jogo 

10ª rodada: 2,44 por jogo 

Copa: 2,67 por jogo

Finalizações 

Nove primeiras rodadas: 23,31 por jogo 

10ª rodada: 22,44 por jogo 

Copa: 25,28 por jogo

Passes 

Nove primeiras rodadas: 690,82 por jogo 

10ª rodada: 689,33 por jogo 

Copa: 753,44 por jogo

Tags: brasil, Brasileirão, comparações, gols, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.