Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Esportes

Polícia flagra 32 cambistas em jogo entre Bélgica e Rússia

Agência Brasil

Policiais militares flagraram 32 pessoas tentando vender ilegalmente ingressos para a partida entre Bélgica e Rússia, ontem (22), no Estádio do Maracanã. Entre as pessoas encaminhadas para a delegacia, oito eram brasileiros. 

Entre os estrangeiros detidos havia colombianos, alemães, argentinos, americanos, chilenos, equatorianos e suecos. A Polícia Militar apreendeu um total de 29 ingressos e cerca de R$ 14 mil em dinheiro (entre reais e dólares).só no papel. “Ainda tem uma lacuna importante na estrutura das policias especializadas, a carência de infraestrutura é grande”, destaca.

Hoje, segundo levantamento da SaferNet, só o Distrito Federal e os estados de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco e Mato Grosso do Sul tem delegacias especializadas. “Na Polícia Federal, a estrutura também é precária para a demanda. Falta estrutura para oferecer ao cidadão um atendimento adequado”, diz Nejm. A morosidade da Justiça também preocupa já que, segundo a ONG, com exceção de casos de nudez,  julgamentos de processos por calúnia e difamação, por exemplo, pode demorar anos.

“Em um dia de exposição, o dano é imensurável e o tempo de resposta na Justiça não é tão rápido. O dano sempre é maior que a reparação”, acrescentou.

Para reduzir o número de crimes na internet, a SaferNet Brasil aposta na prevenção. A novidade neste sentido é que o Artigo 26 do Marco Civil, de forma inédita no Brasil, estabelece que é dever do Estado promover a educação para o uso seguro e responsável da internet em todos os níveis de ensino.

”Para nós, isso é muito importante. Mais que a questão de segurança, queremos discutir a cidadania digital: ética, direitos humanos, respeito por direitos e deveres, e não falar só sobre perigos na internet”, concluiu. A ONG  preparou vasto material sobre o assunto que pode ser acessado gratuitamente e usado por escolas.

Tags: delegacia, detidos, estrangeiros, maracanã, militares, policiais

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.