Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Esportes

Jornal cita aumento secreto de salário na Fifa; órgão nega

Portal Terra

Os escândalos recentes de corrupção na Fifa fizeram a entidade adotar novo código de ética, o que inclui o fim dos bônus expressivos aos membros do Comitê Executivo da entidade. Como compensação, de acordo com o jornal Sunday Times, houve aumento de salário feito sem alarde: a Fifa dobrou os vencimentos, que agora podem chegar a US$ 200 mil por ano (R$ 446 mil). O órgão negou as informações.

“Não podemos comentar a matéria do Sunday Times antes do fim de julho quando sai o relatório anual da Fifa. A cada ano publicamos nosso balanço, e temos normas definidas por um comitê de auditoria e um comitê que está analisando remuneração de qualquer pessoa da Fifa”, afirmou Delia Fisher, porta-voz da Fifa, neste domingo.

Ainda segundo a publicação britânica, a Fifa oferece aos 25 membros do Comitê Executivo a possibilidade de fazer o pagamento em um banco suíço – a sede da entidade é em Genebra, no país europeu – no qual é possível que façam saques de grandes quantias em dinheiro em montantes fixos. Especialistas acusam a Fifa de facilitar a sonegação de impostos.

Délia negou que membros do Comitê Executivo recebam diretamente seus salários em dinheiro. “Há anos que isso é feito apenas por transferência bancária. Não há envelopes com dinheiro, ao menos que eu tenha visto, e tudo é auditado”, afirmou.

Tags: aumento, Fifa, futebol, órgão, Salário

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.