Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Fechada em treinos, Seleção usa Twitter para cativar torcida

Portal Terra

Desde o início da preparação, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deixou claro que para utilizar a estrutura renovada da Granja Comary, que custou cerca de R$ 15 milhões, pagaria o preço de não ter os torcedores presentes no local pela falta de segurança para abrir os treinamentos em Teresópolis. Com uma arquibancada que não cabem 150 pessoas, o centro de treinamento não suportaria os diversos fãs que chegam à cidade serrana do Rio de Janeiro todo dia na expectativa de ver os jogadores da Seleção. 

Por conta disso, em cada chegada da equipe verde e amarela à cidade, os gritos de "Ei, o Felipão. Abre o portão" aumentam do lado de fora. Para tentar amenizar esta visão distorcida para alguns torcedores de que a Seleção prefere se fechar e também para trazer cada vez mais torcedores para próximo do grupo, a CBF tem apostado nas redes sociais. 

Em uma parceria feita com o Twitter, que está investindo pesado para esta Copa do Mundo, a entidade tem conseguido angariar cada vez mais seguidores com ações tomadas desde a convocação do grupo que disputaria o Mundial no início de maio. O primeiro ato foi a hashtag #ficaadicafelipão, onde os jogadores davam sugestões de nomes a serem chamados pelo treinador da Seleção.

Desde o início da preparação, a entidade tem usado a hashtag #seleçãoresponde abrindo a chance de os torcedores fazerem perguntas durante as entrevistas concedidas pelos atletas todos os dias na Granja Comary. Em todas coletivas, pelo menos uma pergunta de um internauta é respondida pelos jogadores em meio ao batalhão de indagações dos jornalistas.

O último ato que deu grande repercussão foi uma aposta feita com o Twitter da seleção mexicana de futebol, dias antes do confronto entre as duas equipes na Copa do Mundo. Na ocasião. as duas seleções fizeram uma aposta que quem chegasse com menos seguidores na rede social até a hora do confronto daria uma camisa autografada a uma entidade beneficente.  

A Seleção Brasileira acabou sendo derrotada por uma vantagem expressiva, mas a perda acabou sendo vista com bons olhos, já que conseguiu a adesão de mais 200 mil seguidores para o seu perfil. O próximo passo será o que deve causar mais impacto na tentativa de "abrir" a Granja Comary para os torcedores via internet.

Serão instalados dois telões no centro de treinamento com mensagens para os atletas da Seleção enviados via Twitter e eles receberão tablets para responder aos torcedores que participarem. O único problema é como será feito o controle do que aparecerá neste telão. A assessoria da CBF ainda não sabe se irá filtrar as mensagens que chegam, mas não mostra preocupação com relação a isso, já que segundo ela até agora o número de recados positivos supera bem as ofensas ou críticas ao grupo verde e amarelo.

Tags: brasileira, campanha, copa do mundo, Felipão, Jogadores, Twitter

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.