Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Técnico da seleção italiana levará 4º goleiro para a Copa do Mundo

Agência ANSA

O técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli, anunciou nesta quarta-feira (04) que levará o goleiro Antonio Mirante para a Copa do Mundo. Apesar de já ter convocado os três jogadores para a posição, Prandelli está preocupado com uma lesão de Salvatore Sirigu. Ontem (03), ele fez uma radiografia que mostrou que não havia fratura nas costelas, mas por precaução, Mirante permaneceu com a equipe.

A Fifa só permite 23 jogadores inscritos para o Mundial. Mudanças na lista enviada no dia 2 de junho só poderão ser feitas após a análise da entidade e em casos de lesão.

Surpreso com a polêmica por não ter convocado o atacante Giuseppe Rossi, Prandelli explicou aos jornalistas os motivos que o fizeram não convocar o jogador. "Eu me encontrei com ele no dia 7 de maio e fui até ele com a intenção de dizer que ele não estava entre os 30 [pré-selecionados]. Mas, em um segundo pensei que poderia ser uma bela história para ser contada", disse Prandelli.

Rossi machucou o joelho em uma partida pela Fiorentina em janeiro e lutou contra o tempo para conseguir se recuperar para disputar a Copa. Ele continuou falando que "para Rossi, eu disse logo que ele não estava entre os 23 e lhe disse que essa era uma decisão sofrida, porque ele é um jogador importante, forte, com o qual passamos momentos extraordinários".

Prandelli finalizou dizendo que logo após o amistoso do último sábado (31), ele avisou ao jogador que ele não iria para o Mundial. "Eu aceitei essa sua luta forte, bonita, mas disse após o jogo contra a Irlanda que ele não estava entre os 23. Vocês se lembram que eu falei antes do jogo que a batalha dele já estava vencida? Antes da última partida, eu o chamei e expliquei que queria ver algo mais em campo, aqueles gestos que um atleta faz quando sofre um forte trauma, queria ver um atacante. Mas, não vi o que queria ver. Eu sei que a minha responsabilidade com a Fiorentina, com os torcedores da equipe e com todos é muito grande. O risco é grande, mas com ele eu fui claro e falei que ele não tinha completado todo o percurso da recuperação", falou o treinador. 

Tags: convocados, cortes, itália, prandelli, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.