Jornal do Brasil

Sábado, 29 de Novembro de 2014

Esportes

Shakhtar ameaça deixar Donetsk pela violência

Clube está pensando em mudar para outra parte do país

Agência ANSA

O Shakhtar Donetsk pode mudar de sede, caso a violência em sua cidade não diminuir. O time do oligarca Rinat Akhmetov, que foi campeão ucraniano nesta temporada, está em uma das regiões que lutam para se separar da Ucrânia há mais de um mês.    

O diretor-geral do Shakhtar, Serghei Palkin, afirmou que a mudança ocorrerá se "a situação continuar igual ou piorar". Apesar disso, ele garantiu que o time continuaria a disputar o campeonato do país, só mudaria sua cidade-sede.    

Após a anexação da Crimeia, no sul da Ucrânia, pela Rússia, a cidade de Donetsk também quis se separar do restante do país. Em 11 de maio, foi realizado um referendo na região que mostrou que 90% dos votantes apoiam a separação. Porém, o governo ucraniano não reconhece esse referendo e a região virou palco de combates entre militares de Kiev e separatistas da região. Muitas pessoas já morreram nos enfrentamentos, que não parece ter solução rápida para retomar a paz.

Tags: futebol, rinat akhmetov, russia, shakhtar donetsk, UCRÂNIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.