Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Junho de 2018 Fundado em 1891

Esportes

Shakhtar ameaça deixar Donetsk pela violência

Clube está pensando em mudar para outra parte do país

Jornal do Brasil

O Shakhtar Donetsk pode mudar de sede, caso a violência em sua cidade não diminuir. O time do oligarca Rinat Akhmetov, que foi campeão ucraniano nesta temporada, está em uma das regiões que lutam para se separar da Ucrânia há mais de um mês.    

O diretor-geral do Shakhtar, Serghei Palkin, afirmou que a mudança ocorrerá se "a situação continuar igual ou piorar". Apesar disso, ele garantiu que o time continuaria a disputar o campeonato do país, só mudaria sua cidade-sede.    

Após a anexação da Crimeia, no sul da Ucrânia, pela Rússia, a cidade de Donetsk também quis se separar do restante do país. Em 11 de maio, foi realizado um referendo na região que mostrou que 90% dos votantes apoiam a separação. Porém, o governo ucraniano não reconhece esse referendo e a região virou palco de combates entre militares de Kiev e separatistas da região. Muitas pessoas já morreram nos enfrentamentos, que não parece ter solução rápida para retomar a paz.



Tags: UCRÂNIA, futebol, rinat akhmetov, russia, shakhtar donetsk

Compartilhe: