Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Esportes

Seleção deixa Teresópolis com grande aparato policial

Portal Terra

Um aparato impressionante foi montado para tirar o ônibus da Seleção Brasileira da Granja Comary na noite deste domingo. Foram quatro carros do Batalhão de Choque, quatro carros da Polícia Militar, quatro carros da Policia Federal, um caminhão do exército, dois carros da Policia Rodoviária Federal, uma ambulância do Corpo de Bombeiro, e dez batedores do exército para que Felipão, Neymar e companhia pudessem deixar Teresópolis rumo ao aeroporto do Galeão no Rio de ônibus.

Os quatro carros do Choque foram antes para se posicionar em locais estratégicos da estrada. Além do aparato policial, a comitiva foi acompanhada de mais quatro vans com suprimentos e um ônibus extra no fim de toda a comitiva para o caso de o ônibus principal dar problema no trajeto. Os dois veículos acabaram subindo num canteiro que divide a pista logo em seguida à saída do portão principal, mas sem causar danos aos veículos.

Seleção Brasileira contou com esquema de segurança para sair da Granja Comary 
Seleção Brasileira contou com esquema de segurança para sair da Granja Comary 

Felizmente, se é um lugar que a Seleção pode se considerar em casa, esse lugar é Teresópolis. Cerca de 200 pessoas, com camisas do Brasil, bandeiras e muita animação, esperaram pacientemente durante toda a tarde na porta da Granja para ver os jogadores passarem em um ônibus de vidro fumê por cerca de 20 segundos.

Na praça do Alto, uma batucada animou a tarde da famosa feirinha da cidade e a garotada se dividia entre um jogo de bola, com a bola da Copa, e o velho e quase esquecido hábito do bafo, também conhecido como bater figurinha.

Mas nem mesmo o frio de 16º C e a chuva fraca desanimaram as pessoas que esperavam ao menos por um aceno. Se for possível medir o grau de popularidade dos jogadores nesta primeira semana de trabalho para a Copa, o ranking ficaria desta forma: David Luiz em primeiro lugar, seguido do goleiro Julio César e só então vinha Neymar. 

O que mais se pode ouvir foram os gritos de "David Luiz, cadê você? Eu vim aqui só pra te ver". Depois se lembravam de Julio César e bem depois do namorado de Bruna Marquesine, que também foi lembrada pela parte masculina da torcida. Até que no meio da confusão, uma mulher gritou. "Bruna Marquesine é minha filha". E uma outra voz, tímida, respondeu. "Opa, desculpa então."

Apesar de todo o carinho, os jogadores estavam mais entretidos com seus celulares e pouco acenaram para o público na saída. Lembrando que Thiago Silva, Fernandinho e Paulinho não viajaram com o grupo e ficaram na Granja Comary, onde vão trabalhar com dois preparadores físicos e sob os cuidados do medico Rodrigo Lasmar. 

Tags: brasil, Copa, equipe, seleção, viagem

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.