Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Esportes

Seleção chilena recebe apoio de mineiros

Grupo que ficou preso em mina em 2010 gravou anúncio emocionante

Agência ANSA

Cair na mesma chave de Espanha e Holanda em uma Copa poderia desanimar qualquer um, afinal são as duas finalistas do Mundial de 2010. Mas não os chilenos. Além de ter um time talentoso, o país andino ganhou um reforço de peso em termos de superação e coragem para enfrentar o temido grupo da morte (que ainda conta com a Austrália): o dos 33 mineiros que ficaram presos por 69 dias a 700 metros de profundidade em uma jazida de ouro e cobre em 2010.    

O grupo protagonizou um comercial carregado em tons épicos para demonstrar seu apoio à equipe comandada por Jorge Sampaoli. Na gravação feita por um dos patrocinadores da seleção, uma das vítimas daquele acidente, Mario Sepúlveda, faz um emocionado discurso aos seus companheiros.    

"A Espanha é difícil? A Holanda é difícil? O grupo da morte não nos intimida. Não nos importa a morte! Porque a morte nós já vencemos antes!", diz o minerador. O anúncio foi filmado no lado de fora do local onde eles ficaram soterrados. No mesmo vídeo, Sepúlveda afirma que levará terra da mina ao CT do Chile no Brasil para "enchê-lo de esperança".

Tags: anúncio, chile, Copa, futebol, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.