Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Esportes

Ronaldo nega ganhos com Copa: 'COL só fez mal a mim mesmo'

Críticas e exposição por conta do evento tiram o sono e prejudicam a imagem pública do ex-jogador

Portal TerraDanilo Vital

Membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo no Brasil, sócio da agência 9nine, que agencia jogadores e marcas ligadas ao evento, comentarista esportivo de um canal de televisão aberta e um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro, Ronaldo Nazário de Lima está intimamente ligada à realização do evento que se inicia em 12 de junho. Em Sabatina promovida pelo jornal Folha de S.Paulo, no entanto, negou que tenha aumentado seus ganhos com o evento.

“Poderia ter sido, mas não é e está longe de ser”, disse Ronaldo, em evento realizado no Teatro Folha, no Shopping Higienópolis, em São Paulo. “Os contratos que eu tenho são longos, antigos, de antes de eu entrar no Comitê. Todos eles são parceiros de longa data. Na verdade, a opção de entrar no Comitê só fez mal a mim mesmo”, disse, em referência à imagem pública e o potencial de marketing e propaganda.

Ronaldo afirmou que perdeu sono por conta das preocupações com a Copa
Ronaldo afirmou que perdeu sono por conta das preocupações com a Copa

Como membro do Comitê Organizador, Ronaldo tem sido criticado pelo público e por figuras públicas por seu envolvimento na Copa e pelos atrasos na organização o evento, críticas que ele considera injusta, já que não pode ser responsabilizado pelos gastos públicos ou mesmo pelas ações do COL, já que seu trabalho é basicamente de imagem. “Eu não assino nada”, afirmou. “Não tenho nenhum contrato novo. Inclusive se alguém tiver interesse, me avise, estou querendo, precisando. Só estou levando... (porrada)”, afirmou.

Os mediadores do debate, jornalistas da Folha de S. Paulo, citaram levantamento feito pelo Grupo Folha afirmando que a exposição de Ronaldo por conta da Copa do Mundo foi multiplicada. Ele ainda ganharia com a 9nine, que agencia jogadores ligados ao evento e empresas patrocinadoras, como a AMBEV, por exemplo. Há ainda outras empresas ligadas a Ronaldo que teria capitalizado o fato de o Brasil sediar o evento.

O ex-jogador negou os ganhos extras e afirmou que, após a final da Copa, em 13 de julho, pretende descansar. "Foram dois anos difíceis, meu sono piorou muito, tenho dormido muito mal, sendo chamado de imbecil por ter minha própria opiniões, uma série de coisas que não precisava", disse Ronaldo, em referência às críticas feitas pelo escritor Paulo Coelho.

Tags: comitê, copa do mundo, futebol, Ronaldinho, ronaldo nazário de lima

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.