Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Esportes

Atlético-PR vence clássico e mantém Coritiba na degola

Portal Terra

Por causa da briga de torcidas protagonizada na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, contra o Vasco, em Joinville, o Atlético-PR perdeu 12 mandos de campo e se viu obrigado a duelar contra o rival Coritiba em Maringá, neste domingo. Apesar disto, o time rubro-negro não “sentiu falta” da capital paranaense e, com boa atuação no segundo tempo, venceu o clássico “Atletiba” por 2 a 0, pela 7ª rodada do Brasileiro. Os gols foram marcados por Marcos Guilherme e Luccas Claro, contra.

O triunfo fez o Atlético-PR subir quatro posições e alcançar ao 10º posto da competição nacional, com nove pontos. O Coritiba, por sua vez, estacionou na 18ª colocação com quatro tentos, ainda dentro da zona de reabixamento. As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. Às 19h30 (de Brasília), o time alviverde visita o Criciúma, no Heriberto Hulse, enquanto que, às 22h, o Atlético-PR pega o São Paulo no Parque do Sabiá, em Uberlândia.

Disputado em “território neutro”, o jogo deste domingo começou em ritmo muito lento no estádio Willie Davids. Os minutos iniciais protagonizaram mais faltas do que lances criativos. O primeiro deles surgiu somente aos 14min, quando Douglas Coutinho fez boa jogada individual, mas chutou fraco para o gol. Do outro lado, Alex respondeu na sequência, mas também arriscou sem força e direção de fora da área.

Conforme o tempo passava, porém, a partida ia melhorando. Dos 25min em diante, os times começaram a dar mais trabalho aos goleiros. Primeiro, foi a vez de Otávio bater de longe, e Vanderlei defender. Depois, Weverton fechou bem o ângulo em chegada de Roni à linha de fundo. Antes do intervalo, a arbitragem cometeu erro grave. Aos 43min, Natanael recebeu livre dentro da área e mandou para o fundo das redes. Ele estava atrás da linha de defesa adversária, mas o impedimento foi assinalado.

No segundo tempo, entretanto, o Atlético-PR definiu o confronto logo no início. Aos 11min, Sueliton cruzou da direita, e Marcos Guilherme bateu de primeira para o fundo das redes. Antes de entrar, a bola ainda desviou na zaga. Na sequência, aos 13min, um lance bizarro fez o time rubro-negro abrir vantagem. Natanael cobrou falta com categoria, e bola explodiu no travessão de Edson e voltou para Luccas Claro. O zagueiro do Coritiba, porém, desesperou-se e, ao tentar dominar de coxa esquerda, mandou para o próprio patrimônio.

Com desvantagem de 2 a 0 no placar, o time alviverde se lançou ao ataque, e o treinador Celso Roth mandou Keirrison e Geraldo a campo. Por outro lado, Alex, cansado, foi sacado para a entrada de Jajá. O Atlético-PR se segurou atrás e, antes do apito final, ainda se deu ao direito de perder boas chances em contra-ataques.

Tags: atletiba, Brasileirão, clássico, empate, futebol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.