Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Esportes

No retorno a Joinville, Vasco empata terceira seguida

Portal Terra

No dia em que o Vasco retornou ao palco no qual foi rebaixado à segunda divisão nacional e onde a sua torcida protagonizou cenas de violência contra as organizadas do Atlético-PR pela última rodada do Brasileiro, o time carioca segurou o Joinville. Não conseguiu, porém, sair de campo com a vitória. Em jogo muito movimentado e com inúmeras chances perdidas, a equipe cruz-maltina empatou por 0 a 0 com os catarinenses, na Arena Joinville, e amargou a terceira igualdade consecutiva pela Série B.

O resultado fez o Vasco cair para a oitava colocação com nove pontos em seis jogos. Por sua vez, o Joinville manteve-se na vice-liderança com 14 tentos, mas em sete partidas. As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira. Às 19h30 (de Brasília), o time catarinense recebe o América-RN em Santa Catarina, enquanto que às 21h50 (de Brasília), os cariocas viajam ao interior de São Paulo para enfrentar o Bragantino.

A partida deste sábado foi a primeira do Vasco na Arena Joinville desde a selvageria protagonizada por torcedores do time carioca e do Atlético-PR no estádio durante a última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado. Entretanto, foi a equipe da casa que começou a partida “estranhando” o terreno de jogo neste sábado. Logo aos 12min, três depois de Diogo Silva fazer excelente defesa em chute de Edigar Junio, o goleiro Ivan tentou driblar Edmilson dentro da própria área, mas se enrolou e teve que salvar o gol em cima da linha.

Daí para frente, porém, o Joinville melhorou e passou a criar mais oportunidades de gol. Aos 18min, Marcelo Costa emendou voleio rente ao travessão vascaíno. No lance seguinte, Jael quase marcou de cabeça após cruzamento pela direita. Depois, Diogo Silva foi o responsável por defender finalizações de Tartá e Jael, que ainda furou frente a frente com o gol em outro lance. Antes do intervalo, deu tempo de o Vasco responder em chegada de Diego Renan, que bateu cruzado da linha de fundo e quase abriu o placar mesmo sem ângulo.

Se o primeiro tempo foi bem movimento, o segundo começou com ritmo muito mais lento. O jogo passou a ficar muito brigado no meio de campo, e as equipes poucos trocavam ataques. Só melhorou a partir dos 25min. Primeiro Edigar Junio arriscou de fora da área, e Diogo Silva defendeu. Depois, aos 35min o atacante acertou o pé da trave esquerda do Vasco. O time carioca chegou a assustar com Edmilson, que perdeu chance frente a frente com Ivan, mas depois se segurou como pôde e empatou a terceira partida seguida na Série B.

Tags: arena, empate, PR, tabela, vascaíno

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.