Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Esportes

Pelé pede apoio: "jogadores não têm a ver com a corrupção"

Portal Terra

Um dia depois de o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, declarar que muitas críticas à organização da Copa do Mundo no Brasil são motivadas por “razões políticas”, foi a vez de o maior jogador de todos os tempos seguir a mesma linha de raciocínio. Nesta quinta-feira, durantelançamento de um evento a ser realizado em conjunto com o estádio do Morumbi durante o Mundial, Pelé pediu para que a torcida brasileira apoie os jogadores e não os vaie por problemas vividos pelo País.

“Desde 1958, ninguém sabia quem era o Brasil, e o futebol foi o que mais promoveu o nome do nosso País. Os jogadores não têm nada a ver com a corrupção que acontece na política. E eles não podem ser vaiados, criticados por causa disto”, declarou o ex-jogador, antes de clamar: “vamos apoiar a Seleção Brasileira e, depois, a gente resolve a politica da nossa maneira. A Seleção só deu alegrias ao nosso País até agora”.

Sobre Aldo Rebelo, que deu declaração parecida à sua na última quarta-feira, Pelé foi só elogios. Para ele, o ministro do Esporte não comprometeu durante a preparação do Brasil para a Copa do Mundo. “Ele está com a preocupação de amenizar os problemas e ele tem feito isto muito bem. O Aldo não tem tido muito envolvimento, porque também não foi escalado para isto. Mas eu gosto dele, principalmente porque é apaziguador”, finalizou.

Tags: declaração, manifestações, pelé, protestos, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.