Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Esportes

Uefa confirma multas de R$ 180 milhões a City e PSG

Agência ANSA

A Uefa oficializou nesta sexta-feira (16) as pesadas multas impostas a Manchester City e Paris Saint-Germain por terem violado as suas regras de fair play financeiro. Os campeões da Inglaterra e da França terão que desembolsar 60 milhões de euros (R$ 180 milhões) cada um e só poderão inscrever 21 jogadores na Liga dos Campeões de 2014/15, ao invés dos 25 que são permitidos normalmente.    

No entanto, 40 milhões de euros (R$ 120 milhões) poderão ser restituídos aos clubes se eles cumprirem as medidas econômicas acordadas com a federação, como reduzir drasticamente seus gastos no mercado de transferência de jogadores das próximas duas temporadas. Segundo a Uefa, as equipes gastaram muito mais do que era permitido, superando o prejuízo limite de 45 milhões de euros (R$ 135 milhões) a cada dois anos.    

Além do City e do PSG, também foram punidos Bursapor, Galatasaray e Trabzonspor, da Turquia; Anzhi, Rubin Kazan e Zenit, da Rússia; e Levski Sofia, da Bulgária. No entanto, para estes sete times a punição foi menor. Entre eles, o que teve a maior multa foi o Zenit, com 12 milhões de euros (R$ 36 milhões). A equipe de São Petersburgo também terá que diminuir o seu plantel nas competições da Uefa de 25 para 22 atletas.    

Já o Rubin Kazan e o Anzhi pegaram uma sanção de 6 milhões de euros (R$ 18 milhões) e redução de 25 para 21 jogadores inscritos. Por fim, Levski Sofia, Galatasaray, Bursapor e Trabzonspor terão que pagar 200 mil euros (R$ 600 mil) cada um.    

As cifras serão obtidas a partir das cotas distribuídas nos torneios europeus. Os clubes sancionados também não poderão aumentar sua folha salarial na temporada 2014/15. 

Tags: clubes, europeu, futebol, gastos, punições

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.