Jornal do Brasil

Sábado, 27 de Dezembro de 2014

Esportes

Sevilla bate Benfica nos pênaltis e é campeão da Liga Europa

Portal Terra

Com vitória nos pênaltis após partida de extrema exaustão física e um 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, o Sevilla se sagrou campeão da Liga Europa. Após igualdade em jogo de poucas oportunidades claras de gol, o time espanhol levou a melhor: fez 4 a 2 nas penalidades para ficar com sua terceira taça na competição continental.

Antes, o Sevilla foi campeão quando a competição ainda se chamava Copa da Uefa, em 2006 e 2007. Já o Benfica coleciona outro trauma, já que em duas vezes foi vice-campeão, incluindo na última edição, quando foi derrotado pelo Chelsea - também perdeu o título para o Anderlecht, em 1983.

Sevilla e Benfica fizeram partida equilibrada no primeiro tempo, com poucas chances de gol mais por conta dos sistemas defensivos do que pela falta de movimentação. Aos 14min, o time português chegou bem em jogada de Gaitan, que cruzou para desvio de Garay e boa defesa de Beto. Na sobra, a zaga do Sevilla conseguiu afastar o perigo.

Outra chance clara de gol só foi aparece aos 14min. Maxi Pereira recebeu lançamento dentro da área, mas chutou em cima de Beto, que espalmou a finalização. No segundo tempo, a partida ficou mais aberta e com boas oportunidades. Logo aos 3min, por exemplo, Maxi Pereira passou para Lima, que finalizou bem, mas a zaga do Sevilla salvou em cima da linha.

Aos 7min, foi a vez do time espanhol assustar: Rakitic deu ótimo passe para Reyes, que bateu prensado com a zaga adversária – a bola passou perto do gol. Aos 15min, Reyes recebeu cruzamento da direita e acertou bom chute de primeira, mas Oblak defendeu em dois tempos. O final da partida foi do Benfica, que se atirou para o ataque de todas as formas.

Aos 38min, Lima arriscou de longe, mas Beto se esticou e mandou a bola por cima do gol. Aos 39min, Garay recebeu lançamento longo e, na segunda trave, cabeceou com perigo. Apesar dos esforços, os times não conseguiram evitar a prorrogação. O Benfica manteve o domínio das ações, mas levou o maior susto do primeiro tempo extra: aos 11min, Rakitic lançou Bacca em contra-ataque; o atacante invadiu a área, mas chutou para fora.

No segundo tempo, a partida começou a ser afetada pela exaustão física dos jogadores. Diversos deles precisaram ser atendidos no gramado, com câimbras, incluindo goleiros. Nos dois minutos de acréscimo, mesmo os jogadores fizeram tudo para se poupar já com a decisão por pênaltis em vista.

Na decisão, o Sevilla levou a melhor de forma polêmica. O goleiro Beto pegou duas cobranças em que claramente se adiantou, na segundo e terceira cobranças dos portugueses, de Oscar Cardozo e do brasileiro Rodrigo. Ninguém no gramado contestou, no entanto, e assim a arbitragem validou as defesa. O Benfica fez dois gols, com os brasileiros Lima e Luisão. O Sevilla confirmou suas quatro tentativas, com Bacca, MBia, Coke e Gameiro para ficar com o tricampeonato.

Tags: clube, espanhol, europeu, final, futebol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.