Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Esportes

Victor diz que festejou convocação como pênalti do Tijuana

Portal Terra

“Como uma defesa de pênalti. Talvez igual a do Tijuana”. Foi assim que o goleiro Victor, do Atlético-MG, mostrou sua felicidade com a convocação para a Seleção Brasileira. O lance citado pelo arqueiro alvinegro foi aquela bola tirada com o pé esquerdo, aos 48min do segundo tempo, impedindo o gol de pênalti do mexicano Tijuana e dando a classificação para o clube mineiro para as semifinais da Copa Libertadores.

“É legal o carinho do torcedor, expectativa. Falei para os amigos, esposa, tentei não ficar ansioso, mas a ansiedade das pessoas mais próximas acaba gerando ansiedade em mim também. Muito legal, feliz demais pela convocação, espero corresponder à oportunidade e trazer esse título”, disse.

Fora da lista de 2010, na convocação de Dunga, Victor falou do tamanho da alegria que está sentindo. Ele conta que o momento não é de dar resposta ou mostrar que poderia ter tido mais chances, mas sim de trabalho.

“Não vejo que seja uma resposta, como uma preparação, um momento difícil que serviu para crescer como pessoa e profissional. Talvez o que eu fiz até lá não foi o suficiente, talvez por filosofia de trabalho do Dunga, mas não guardo mágoa de ninguém. As coisas sempre aconteceram da melhor forma para mim. Futebol é assim, temos que viver provando. Estou feliz demais pela chance, 2010 serviu como um meio de amadurecimento para chegar no melhor momento da carreira”, destacou.

O arqueiro atleticano acredita que o Atlético-MG foi o principal fator para destaque no cenário do futebol e o clube responsável por colocar ele novamente na Seleção Brasileira. Victor, entretanto, também agradece ao Grêmio.

“Já tive uma passagem pela seleção quando defendi o Grêmio, tenho que agradecer o Grêmio por ter me projetado, mas quando cheguei ao Atlético-MG ninguém mais falava meu nome em termos de Seleção. Hoje depois da confirmação, falei com o presidente, agradeci a confiança em me trazer para o Atlético-MG. Se não fosse a mudança, não estaria vivendo isso hoje. Devo isso ao Atlético-MG e agradeço ao presidente Kalil e à torcida atleticana”, finalizou.

Tags: brasileira, convocação, felipe, LISTA, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.