Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Chelsea não sai do zero com Norwich e fica longe do título inglês

Portal Terra

O Chelsea entrou em campo, neste domingo, buscando encerrar o fim de semana na liderança do Campeonato Inglês - apesar de ter um jogo a mais que seus adversários. Saiu dele, entretanto, sem sequer pular para a segunda colocação. Com uma atuação fraca e esbarrando no bom setor defensivo do Norwich City, os comandados de José Mourinho apenas empataram por 0 a 0 com um dos times que lutam contra o rebaixamento e praticamente deram adeus à disputa pelo título.

Isto porque o time londrino, diferente de Manchester City e Liverpool - que jogam mais duas vezes -, só entra em campo em mais uma oportunidade pela Premier League - domingo, contra o lanterna Cardiff, fora de casa, às 11h (de Brasília). Assim, com 79 pontos - um a menos que os rivais - terá que vencer o seu jogo e torcer para que os adversários não somem mais de dois pontos nas partidas seguintes para ser campeão. O Norwich, por sua vez, segue no 18º posto, praticamente rebaixado à segunda divisão.

Após uma semana tensa, graças à eliminação em casa para o Atlético de Madrid na semifinal da Liga dos Campeões da Europa, o Chelsea entrou em campo com uma escalação diferente. O português deixou David Luiz, Eden Hazard e Samuel Eto’o no banco de reservas e sequer relacionou Oscar para a partida.

As mudanças refletiram no desempenho da equipe dentro de campo. Ameaçado pelo rebaixamento, o Norwich City se trancou no campo de defesa e impôs muitas dificuldades ao setor criativo do time azul no primeiro tempo. Por outro lado, a equipe visitante não abdicava de atacar quando tinha oportunidade. Foi assim que, aos 10min, Olsson foi lançado nas costas da zaga e, dentro da área, foi derrubado por John Terry. O árbitro, entretanto, mandou o jogo seguir e não marcou pênalti.

O lance acordou o Chelsea, que somente a partir da metade do primeiro tempo passou a assustar. Aos 22min, após cobrança de escanteio venenosa, Terry subiu mais do que a zaga, cabeceou com violência e obrigou Ruddy a fazer boa defesa. Depois, aos 34min, André Schurrle recebeu pela ponta esquerda, cortou a marcação para o meio e bateu cruzado. Caprichosamente, a bola carimbou no pé da trave do Norwich, que foi ao intervalo com um bom 0 a 0 no placar.

Na volta dos vestiários, José Mourinho se viu obrigado a deixar o orgulho de lado e lançar Eden Hazard e David Luiz no time - saíram Mohamed Salah e Frank Lampard. Logo no primeiro lance do brasileiro, aos 2min, ele acertou o travessão de Ruddy após finalização da entrada da área. Depois, as atenções novamente se voltaram para o árbitro. Schurrle e Hazard foram derrubados dentro da área em lances polêmicos, mas ele não marcou nada.

Necessitando da vitória, o Chelsea passou, então, a partir para cima do Norwich. O time azul encurralou o adversário no campo de defesa, mas começou a esbarrar na falta de pontaria. A equipe visitante, por sua vez, apostava nos contra-ataques. Aos 26min, Snodgrass teve a chance de calar Stamford Bridge, mas, cara a cara com Schwarzer, bateu mascado em Cahil e mandou para fora. Os comandados de José Mourinho responderam aos 33min, após linda jogada individual de Hazard, mas Ruddy novamente apareceu para evitar o gol. Esta foi a última chance do time londrino, que praticamente dá adeus à disputa pelo título

Tags: crise, empate, futebol, Inglaterra, Mourinho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.