Jornal do Brasil

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Esportes

Ímola celebra missa em homenagem a Senna e Ratzenberger

Agência ANSA

O autódromo italiano de Ímola, cenário do final de semana mais trágico da história da Fórmula 1, foi palco nesta quarta-feira (30) de uma missa pelos 20 anos da morte dos pilotos Ayrton Senna, que bateu sua Williams na curva Tamburello em 1° de maio de 1994, e Roland Ratzenberger, austríaco que se acidentou com um carro da Simtek no dia anterior.

Inicialmente, a cerimônia estava programada para ser realizada na reta dos boxes, mas a chuva levou a celebração para um espaço fechado. Sob as bandeiras de Itália, Brasil e Áustria, o ritual foi comandado pelo "capelão dos pilotos", dom Sergio Mantovani. "Me marcou uma frase que Ayrton me disse: 'Ninguém pode me tirar o amor que Deus tem por mim", declarou o religioso.

Nesta quinta-feira (1), o autódromo receberá uma grande parada de carros e motos e um encontro para discutir a segurança na categoria.

Tags: autódromo, carros, italiano, segurança, tamburello

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.