Jornal do Brasil

Sábado, 22 de Novembro de 2014

País

Trens que funcionarão em ligação expressa durante a Copa são entregues em SP

Agência Brasil

Dois trens novos que vão transportar torcedores do centro da capital paulista até a Arena Corinthians, na zona leste da cidade, durante a Copa do Mundo, foram entregues hoje (29). O chamado Expresso Leste ainda vai receber, em virtude da Copa, mais seis veículos até a abertura dos jogos, segundo o secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes. Ele informou que a viagem do Expresso Leste, da Estação da Luz, no centro, até o estádio, por meio da Linha 11 - Coral, terá duração de 19 minutos.

Jurandir disse que a cidade está preparada para receber os turistas no transporte sobre trilhos, tanto no sistema do Metrô quanto no da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), durante o evento. “No dia da abertura [da Copa] está previsto um feriado, então não haverá problema nenhum de superlotação. O intervalo de quatro minutos permite ter 15 partidas por hora. Cada trem tem capacidade para 2 mil pessoas, então você consegue transportar 30 mil passageiros em uma hora”, disse.

Em relação às falhas e lentidões registradas diariamente no metrô e nos trens da CPTM, o secretário disse que essas ocorrências são pequenas, tendo em vista a grande quantidade de viagens. “Temos cerca de 20 problemas por dia em toda a rede. No entanto, temos 4,6 mil viagens por dia. Então, 20 [problemas] para 4,6 mil [viagens] é algo que está sob controle”, disse. “Cerca de oito portas falham por dia, temos controle disso. As portas abrem e fecham, só no metrô, 3 milhões de vezes por dia. Tudo isso é finamente acompanhado por nós, dia a dia, tudo está sob controle”, acrescentou.

Durante os jogos em São Paulo, a linha da Copa vai alternar o trem expresso, que faz o trajeto direto até Itaquera, e o trem regular, que faz paradas nas estações Tatuapé e Brás, e demora 24 minutos para chegar no estádio. Jurandir informou, além disso, que 1,2 mil funcionários fizeram curso básico de espanhol e inglês para prestar informações aos turistas estrangeiros.

Vão ser oferecidas também mais de dez linhas especiais da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) durante a Copa, ligando os aeroportos da região metropolitana à rede hoteleira.

O secretário acredita que a demanda de usuários na Copa não deve sobrecarregar o sistema. “Como foi o [festival de música] Lollapalooza, por exemplo. No final de semana em que você teve 100 mil pessoas, não houve problemas. Eventos na Paulista, não houve problemas. Formula Indy, grandes eventos, não há grandes problemas”, declarou.

Tags: copa do mundo, expresso leste, são paulo, transporte, trens

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.