Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes

Goleiro do Chile é condenado a 150 dias de prisão

Agência ANSA

O goleiro da Universidad do Chile e da seleção chilena, Johnny Herrera, foi condenado hoje (29) a 150 dias de prisão por conduzir seu carro, em setembro de 2012, sem ter licença para dirigir. Ele estava com sua carta de motorista suspensa por ter causado um acidente com morte em 2009. Na época, Herrera estava bêbado e matou a jovem Macarena Cassasus.    

Com a decisão, o goleiro está fora da Copa do Mundo - já que não recebeu um indulto que permitiria que ele viajasse para fora do país. Herrera já estava na lista de pré-convocados do técnico Jorge Sampaoli, divulgada no domingo (27).    

Além da prisão, o goleiro perdeu o direito de dirigir por dois anos e ainda terá que pagar uma multa de US$ 760. Sobre o atropelamento em 2009, o Terceiro Tribunal o considerou culpado de homicídio e suspendeu sua licença por dois anos.

Tags: afastamento, chile, copa do mundo, Goleiro, prisão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.