Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Esportes

Dani Alves sobre banana: o que não mata me deixa mais forte

Portal Terra

O lateral direito Daniel Alves foi alvo de racismo durante a vitória do Barcelona sobre o Villarreal, neste domingo, por 3 a 2, fora de casa. Um torcedor da equipe anfitriã atirou uma banana no gramado, mas o brasileiro recolheu o fruto do chão e comeu. O ato do jogador repercutiu pelo mundo e provocou apoio de atletas e celebridades na luta contra a intolerância.

"Tem uns ditados populares no Brasil e um que fala: 'que o que não me mata me deixa mais forte'. Se não estava envenenada, pelo menos me deu mais força. Depois saíram dois gols em cruzamentos meus. De alguma forma, ela ajudou", disse Dani Alves em entrevista à Rádio Globo, parafraseando sem saber uma frase do filósofo alemão Friedrich Nietzsche em sua obra Crepúsculo dos Ídolos.

"Já aconteceu isso com outros companheiros e comigo também. A preocupação deles é mais com quem vem de fora do que com uma cor. Não deveria acontecer, porque algo que eles amam tanto, que é o futebol, muitas vezes vem dos estrangeiros. Deveriam ficar agradecidos", argumentou o lateral do Barcelona.

Tags: daniel alves, futebol, Racismo, torcedores, villarreal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.